.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Miminhos e outras coisas ...

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sábado, 23 de Fevereiro de 2008

Miminhos e outras coisas mais

Eu sempre fui magrinha Quando me casei com 26 anos pesava 50 kgs e não estava mal para os meus 1,60 cm de altura. Quando tive problemas para engravidar e tive de fazer tratamentos, engordei até aos 56 kg, peso que tinha quando engravidei. Durante a gravidez só aumentei 8 kg e quando o meu filhote nasceu, perdi-os todinhos e ainda mais 6, ficando abaixo dos 50 kg. A minha mãe andava preocupada e dava-me tudo e mais alguma coisa para ver se eu engordava. Mas como estava a amamentar, podia comer seja o que fosse que pouco aumentava de peso. Amamentei o meu filho até aos 10 mese de idade, altura em que quase de um dia para o outro passei para os 57 kg. Quando a minha mãe morreu, voltei a emagrecer uns 5 kg mas uns meses depois voltei aos 56 kg. No ultimo tratamento de infertilidade que fiz, já com 37 anos, ganhei algum peso que tive dificuldade em perder. E parece que à umas semanas para cá tenho aumentado de peso estranhamente, pois a minha dieta alimentar está igual ao que sempre foi. Não me tenho pesado mas penso que devo estar perto dos 60 kg.

 

OK, estou mais gorda que o habitual, pois noto que alguma roupa está mais justa mas não coloquei nada de parte. E tenho barriga, sempre tive mesmo quando era bem mais magra. E nós sabemos que quando engordamos, a gordura vai toda para as partes do nosso corpo que já por si só são mais gordinhas.

 

Mas que na ultima semana 6 pessoas me tenham perguntado se estava gravida (sim 6!!!) também me parece demais! Algumas inclusivé olhavam para a minha cara e diziam: "Parabéns, estás gravida, sim está com cara de gravida!". Mulheres e homens, vejam só! E 2 delas amigas minhas que sempre seguiram de perto todos os problemas que enfrentei para ter o meu filho..... Não imaginam como eu me sinto quando alguém me diz isto.... quem tem problemas de infertilidade sabe que não é fácil ouvir todos os dias perguntar quando vamos ter filhos, que somos egoistas em não os ter, que só pensamos em nós. Mas depois de se ter o 1º filho, não pensem que fica mais fácil. Muitas pessoas me perguntas porque não tenho mais um, sim que depois do 1º tudo é facilidades. Que não devo ficar só com um, que os filhos unicos são isto e aquilo.... Ouço sem ouvir, respondo que a maior parte dos pais começa a gartar dinheiro com os filhos depois de eles nascerem, que nós começamos logo para os fazer. Mas tudo bem, compreendo que não é por mal, são sugestões, achegas que para mim, não me incomodam muito. Agora estarem sempre a dizer que estou gravida, doi-me, a sério que me doi. Pois nada me daria mais prazer do que fazer uma declaração tão simples para tantas pessoas, que é o simples: "Tou gravida!".

 

Sei que não ando muito animada, ando cansada com o trabalho (que ador, mas está a ser um pouco duro) um pouco em baixo pelos 18 meses do falecimento da minha mãe, e como tal a ultima coisa que queria ouvir era este vaticinar de uma situação que não existe e que provavelmente nunca mais vai existir. Visto roupa justa e nota-se uma barriguinha que para mim, não deixa duvidas de ser de gordura. Visto roupa larga (como todas as minhas amigas e que se usa) e é só a mim que me perguntam se estou gravida. Uma das minhas amigas então deixou-me mesmo triste, pois achei que o disse de uma forma maldosa e quando eu disse que não, ela insistiu, como se eu fosse tonta e ela é que sabia. Acho que vou ter de lhe dar u penso higiénico para provar o que digo.... Fiquei tão traiste mas tão tristes, se soubessem o quanto me magoa, o quanto me deixa infeliz....

 

O tempo também não ajuda, chove, faz vento e está frio, por isso sair de casa torna-se uma tarefa ingloria, o que faz com que estejamos fechados em casa e sem grandes hipoteses de sair. Tudo isto não contribui para ajudar no meu estado de espirito, que continua um pouco cinzento. Só mesmo o meu filhote para me animar, que hoje me dizia o seguinte:

- Mamã, és linda! Ficas feliz quando eu digo que és linda?

- Sim, fico sim filho.

- Então vou dizer outra vez para ficares feliz: mãe, és linda!

 

E perante isto, só me posso sentir um pouco mais animada, certo?

 

O que também me deixa animada são os miminhos que vocês me deixam nos vossos blogs. Confesso que já perdi um pouco o fio à meada de quem me deixou miminhos, mas a todas agradeço, pois significa que gosta de visitar e de ler o meu humilde blog.

 

Dos que eu me lembro, tenho estes:

 

 

que me foi entregue pela Cris, mamã da Rafaela. E vou deixar-me de falsas modéstias, pois o meu blog fala mesmo de amor, principalmente do amor pelo meu filho, que é o mais importante de tudo na minha vida.

 

E agora a parte pior, a quem vou eu retribuir este prémio? Por mim era a todos os blogs que menciono, pois todos eles estão no meu coração e todos eles eu gosto de visitar, mas se eu fizer isto, ninguém vai colocar o seu blog e perde a piada, por isso aqui vão os 10 blogs escolhidos:

 

- Cila, mamã do Pedro

- Cakuxa

- Angela, mamã do Cristiano

- Filipa, mamã da Mariana

- Flor, mamã da Barbara

- Mara, mamã da Nicole

- Téte, mamã do Xavier

- Nany, mamã do Pedro

- Maria, mamã do David e com outro baby a chegar

- Sónia, mamã da Madalena e do Martim

 

Este miminho foi-me deixado pela Cila, mamã do Pedro e também pela Cakuxa. Obrigada minhas queridas, pela distinção.

 

 

 E mais uma vez, cá vão as minhas escolhas:

- Cris, mamã da Rafaela

- Birdie

- Patricia

- Olinda, quase mamã da Rafaela

- Mariazinha

- Sara, mamã da Matilde

- Mimika, mamã da Luisa

- Ana, mamã da Margarida e do Guilherme

- Ana Luisa, mamã do Martim

- Barbara, mamã do Francisco

 

E ainda este, que me foi dedicado pela Mara, mamã da Nicole:

 

E já que estamos em tempo de entrega de óscares, o prémio vai para:

- Sandra, mamã do Guilherme

- Paula Santos

- Susana Pina

- Catinha

- Sónia, mamã do Miguel e quase mamã do João

- Zaida, mamã da Madalena

- Vera, mamã da Laura

- Carla, mamã da Elisabete e da Mariana

- Cris, mamã do Tiago

- Mar, mamã do Raio de Sol

- Marcia, mamã da Sofia

 

Recebemos algums prémios repetidos de algumas amigas virtuais, como a Ângela, mamã do Cristiano, que por essa razão não menciono aqui mas agradeço da mesma força feliz.

 

Beijocas, bom fim de semana (mesmo com mau tempo) e façam o favor de serem felizes.




 

publicado por era1xeu às 16:42

link do post | comentar | ver comentários (38) | favorito

.Nome baby

Wizard Animation

.A minha familia

Pyzam Family Sticker Toy
Get your own Family Sticker Maker & MySpace Layouts.

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. Miminhos e outras coisas ...