.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Boa Páscoa

. O dia de Carnaval

. Fim de semana de Carnaval

. Visita ao Museu + Carnava...

. O nosso fim de semana de ...

. JD e a escola

. O pesadelo do Dinis

. Faz hoje 3 anos....

. Faz hoje 12 anos....

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Terça-feira, 3 de Junho de 2008

Que mais me vai acontecer....

Bem, nem dá para acreditar, estou com anginas de novo!!! Acabei de tomar o antibiótico faz hoje uma semana e na 6ª feira já não me sentia muito bem de novo. No sábado estava com febre e cheia de dores de garganta. Lá vem o médico de novo e confirmou que pela análise que tinha feito, o antibiótico anterior era o adequado ao meu problema. E desta vez teve de ser 2 injecções de penicilina. Uma ontem e outra hoje, o que me valeu o rabinho parecido com um passador, porque o liquido é tão espesso que os enfermeiros tiveram de espetar 3 vezes, pois entupia sempre.

 

O pior de tudo é que a transferência dos meus congeladitos estava marcada para amanhã e agora não a possa fazer. Ficou adiada para 6ª feira mas até lá não posso ter febre. Por isso toca a tomar Ben-u-ron e Brufen, para ver se isto passa. mas já não tenho mais injecções para levar e ainda me sinto febril, doente e com um pouco de dores de garganta... SOCORRO!!!! Não me parece que 6ª feira já vá estar bem....

 

Mas mais uma vez estou preocupada, não só com o facto de me parecer que 6ª feira ainda não vai ser o tal dia, como por estar outra vez doente, num espeçao tão curto de tempo. Começo a pensar que algo não está bem comigo, que o meu sistema imunitário não me está a proteger conveninentemente, apesar de na bateria de exames que fiz, estar tudo ok. Olho para o meu filho e preocupo-me. Preciso de estar saudável para tratar bem dele, para o ver crescer lindo e saudável. Mas acrditem que tenho medo, a sério que tenho.

 

Por isso o Dia da Criança não foi bem passado como eu desejava. de manhã, a muito custo meu, fomos à Caminhada pela fertilidade. Eu não queria mesmo faltar, porque queria muito ver como corria tudo, rever moças que eu conhecia, conhecer outras com quem tanto converso por mail, nos foruns ou nos blogs. Também acho que era engraçado para o meu filhote caminha junto do mar e apanhar aquele ar puro. Ainda por cima o tempo estava bom e foi bem divertido.

 

Eu cheguei atrasado, porque tive de ir comprar os medicamentos e levar a injecção. Mas valeu a pena o esforço! Adorei rever "amigas" já conhecidas, como a Sandra (que pena, amiga, ter sido tão pouco tempo...), a Filomena, a Elsa, a Ana Sofia, a CristinaF, a Zanita, a Criolinha (peço desculpa se deixei alguém de fora...) e conhecer outras como a Susana Pina (finalmente conheci uma das mulheres que mais admiro, já não era sem tempo e nem que fosse de maca, tinha de ir à Caminhada para a comhecer) , a Céu, a Sam, a Sona, a SMelo (foi só a correr, mas desejo-lhe muita sorte, pois é minha companheira de transferência de embriões congelados), tanta gente que lá estava! A iniciativa foi um sucesso, sem duvida a repetir.

 

Havia uma tela na nossa tenda e o meu menino também quis participar, com a ajuda de uma amiga muito especial...

 

Depois ainda fomos dar uma voltinha pela Marginal, com o Dinis, por era o Dia da Criança e ele ganhou balões, flores, uma pintura facial (horrivel, por sinal, que lhe fazia comichão na cara...) andou em insufláveis e apanhou ar puro.

Depois fomos almoçar com os padrinhos e coma Tita, filhota deles de 9 anos e grande paixão do meu filho. Eu já estava mais para lá do que para cáe depois de uma visita ao Toys, para troca de prenda dos meninos, regressei a casa, onde me enfiei na cama, para descansar e carregar baterias. O JD também caiu para o lado, assim que o colocamos na cadeira do carro. Mas assim que acordou quis brincar com os brinquedos que lhe tinham sido oferecidos no Dia da Criança: um balde cheio de legos dos papás (ele adora fazer construções) e uma trotinete do Homem Aranha (que foi também prenda de anos).

 

E pronto, aqui estou eu a ver se me ponho boa e à espera desesperadamente que chegue uma fase boa, pois estou mesmo a precisar.... Para a semana tenho 3 dias de férias, que tinha pensado demarcar, pois o trabalho é muito e vai ser uma semana em que pouca gente lá está. Mas acho que preciso de descansar, toda a gente diz que estou com mau aspecto e com ar de doente, por isso necessito de retemprar energias e ficar em força, por mim, pelo meu menino e para poder acolher melhor os meus projectos de filhotes.

 

Beijos a todas e obrigada por me darem miminhos quando eu preciso   :)

publicado por era1xeu às 00:24

link do post | comentar | ver comentários (36) | favorito
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

1ª pica, miminho do Dia da Mãe e book fotográfico

1ª pica

 

E na 2ª feira, por volta das 17h 30 m lá fui eu levar a pica que marca o inicio do meu tratamento para ir buscar os meus congeladitos... Por isso por estas bandas está aberta a caça aos descongelados! Para já a unica coisa que posso fazer é esperar a chegada do mr. red e depois iniciar a toma de medicação para preparar o ninho para os meus meninos. A 1ª pica está dada, o meu tratamento já tem nº e por isso oficialmente vamos em frente! Desejem-me pois boa sorte!

( e aqui está o responsável pelo tiro na linha de partida...)

 

Miminho do Dia da Mãe

 

Depois da pica lá fui buscar o meu foto à escolinha onde me esperava a surpresa do Dia da Mãe, feita pelo JD. Era este postal muito lindo, no qual ele diz ter colaborado a colar os papelinhos que estão no centro da flor e nos carimbos que estão nas pétalas:

Quando se abre o postal, podemos ver lá escrito: "A minha mãe é tão linda, tão linda como uma flor, para ela muitos beijinhos com carinho e com amor". Fofinho, não é?

 

Tinha também este livrinho de receitas que tinha esta capa:

Cuja colagem da imagem e colocação de cola por cima ficou a cargo do meu pequeno artista. Na contracapa podemos ler o seguinte:

Abrindo mais o livrinho encontramos algumas receitas culinárias e também páginas em branco para colocar as nossas favoritas. Mas a 1ª de todas é esta, que deveria ser seguida por todos os papás e as mamãs:

Por sorte tenho a certeza que todas as mamãs e papás que visitam este nosso cantinho a seguem à risca!

 

Book fotográfico

 

Já vos tinha falado que fiz um book fotográfico ao meu filhote, um dia destes em que passei pelo Colombo. Finalmente ficou pronto e eu acho que fico optimo, ou não fosse eu uma mamã super-hiper-mega babada! Como podem imaginar não o vou colocar aqui (ohhhh, fazem vocês...) mas as fotos não foram tiradas por mim, apenas vos deixo uma pequena amostra, com uma foto de uma tela que mandei fazer com base numa das fotos tiradas ao meu menino:

Ao fim e ao cabo a tela vai ficar na parede do quarto dele (aqui ainda está embrulhada no papel de protecção para não se estragar) mas sem duvida que dá para terem uma ideia. Quem quiser ver o book ao vivo, é so combinar comigo um cafézinho (que eu não bebo... :) ou quem o quiser convidar para fazer anuncios, em revistas ou tv, é só dizer!!!!

publicado por era1xeu às 12:47

link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

Sempre a abrir

Apesar deste fim de semana não ter tanto sol como o anterior, isso não foi pretexto para ficarmos em casa. Ainda por cima tiramos a 6ª feira, pois isso foi um fim de semana de 4 dias interirinhos! O JD acordava e perguntava se ia para a escola ou não e ficava super-feliz por ficar com os papás em casa.

 

5ª feira

 

Foi dia de visita à casa nova. O papá ficou por lá a orientar o que se passava e nós fomos passear ao Parque dos Cuecas, sendo o meu filhote, já alguém ouviu falar deste sitio????? Acho que a foto ajuda a adivinhar!!!!

 

6º feira

 

Dia de praia! Metemo-nos ao caminho e fomos ter com a minha querida amiga e companheira de luta de nome Sandra. Ela tem um menino lindo que tem menos 15 dias de idade que o meu filhote e que é uma delicia. Para o Dinis foi uma festa, ir à praia e ter um amiguinho para brincar, que poderia haver de melhor? Só mesmo um petisco ao fim do dia!

 

O tempo estava agradável e deu para vestir o fato de banho, apesar de não ter dado para irmos à água, com muita pena minha, que adoro uns mergulhos no mar. Mas mesmo sem isso foi um óptimo fim de dia. Obrigada Sandra, pela vossa companhia agradável, o Dinis mal pode esperar por um novo encontro com o seu amiguinho de brincadeiras.

 

Sábado

 

Encontrei-me com uma amiga e colega de faculdade que já não via à algum tempo. Os nossos filhos tem 11 meses de diferença e a menina dela é um doce. Por azar este ano eles não vieram ao aniversário do meu filhote nem nós fomos ao da filhota dela, pelas mesmas razões: miudos doentes! Por isso trocamos agora prendas e foi giro que os sacos eram da mesma loja! Mas as prendas eram diferentes, vejam só a dele, um jogo muito giro e educativo. Já adivinharam de onde é? Eu perco-me nesta loja, tem coisas tão giras para eles....

Claro que assim eles já tiveram com que se entreter durante o almoço e era engraçado ver a cumplicidade deles e a trocarem segredos um com o outro.... Depois fomos dar umas voltas e eles iam sempre de mão dada um com o outro, até quiseram partilhar um mota os dois. Uma fofura pegada!

 

Depois da animação o JD não resistiu a dormir uma sestinha e ao fim do dia fomos às compras, pois tinha a dispensa vazia. E como os preços da comida dispararam, é bem verdade o que dizem, cada dia as coisas estão mais caras, nós gastamos mais dinheiro e trazemos menos coisas para casa, não sei onde isto vai parar...

 

Domingo

 

Dia da Mãe. Para mim é um dia de sentimentos contraditórios. Se por um lado me sinto a pessoa mais feliz do mundo por ser mãe e por ter um filho lindo junto de mim, por outro lado sinto-me triste por já não comemorar o dia como filha, por a minha mãe não estar junto de mim. Recordo o ultimo dia da mãe que ela passou junto de mim, em que lhe dei uma prendinha e um postal em que desejava que ela me ajudasse a criar o meu filho, da mesma forma fantástica que me ajudou a criar a mim, mesmo passando tantas dificuldades. Ela chorou e eu achei estranho pois ela nem era muito desse tipo de manifestações, mas achei que tinha ficado comovida. Afinal já não se sentia bem e até parecia que estava a adivinhar que algo de menos bom estava para chegar. Só iria ficar junto de nós mais 3 meses e depois partiu, levando consigo um bocado de mim que eu nunca mais consegui recuperar....

 

De resto o dia foi passado junto dos meus sogros, indo almoçar fora e ficando perto de um jardim onde o Dinis correu e rebolou na relva até chegar a nossa vez de comer, sim que os restaurantes estavam à pinha....

 

Fomos ainda ao Colombo, a pedido do meu filho, que adora andar por lá.... Enfim, mais um Dia da Mãe em que ganhei um postal catita e um fato de banho para a Aquafitness.


Resultado da farra de fim de semana => Dinis com tosse + Ranhoca muita + noite mal dormida = mamã com sono!!!! 

 

2ª feira


Ok, OK, eu sei que já não faz parte do fim de semana, mas tenho coisas a assinalar sobre o dia de hoje. Amanhã vou dar o 1º passo para ir buscar os meus congeladitos, vou levar a 1ª pica, que me custou a módica quantia de 150,00€. Boa, se queres ter filhos, paga para os fazeres!!!!! E depois é o que Deus quiser. Considero Maio um bom mês, é o mês das flores, do renascer da natureza e foi também o mês em que fiquei gravida do meu filhote. Quem sabe se não é um bom sinal. Vou contando novidades....

publicado por era1xeu às 19:54

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
Segunda-feira, 24 de Março de 2008

Rescaldo da Páscoa

E a Páscoa e os seus dias de descanso chegaram ao fim. Vou contar-vos como correram para nós.

 

Começo por dizer que o JD não fez prenda do Dia do Pai na escola, o que o deixou (e a mim também) bastante triste. Ele não se manifesta muito mas eu percebi que ficou desiludido. E porquê, perguntam vocês. Porque a escola dele é num Centro Paroquial e como este ano o Dia do Pai calhou na Quaresma, não altura de festejos, como tal nada foi feito pelas crianças. Não sei o que uma prenda feita por uma criança possa ser festejar. O JD ainda é pequeno mas imagino que os mais velhos devem ter ficado tristes de todos os amigos terem feito algo para os seus pais e eles não. Enfim, acho que não tem lógica, mas não há nada a fazer. Como tal o papá recebeu umas calças (hihihihi, era o que ele queria e precisava) e um postalzinho.

 

Na 5ª feira a escola do Dinis estava fechada e eu trabalhava de manhã. Como tal ficou em casa de uma tia minha que ele adora e que tem 2 netos, um de 9 anos e outro de 5. Segundo ela me disse, ele portou-se muito bem e eu aproveitei da parte da tarde para fazer umas comprinhas.

 

Na 6ª feira Santa o jantar foi cá em casa e o Dinis insistiu em ajudar a por a mesa e a fazer a baba de camelo e o bolo . Tenho aqui um belo ajudante, podem ter a certeza. E com o avental que a Liliana e o Rafael lhe ofereceram, ficou mesmo à maneira. Mas a história desta oferta é outra, que ainda não contei, mas vou contar. Entertanto, vejam como ficou giro:

 

 

No sábado aproveitei para ir fazer as minhas 53 análises e foi optimo, porque com toda a gente de férias, havia pouca gente no laboratório. Mas foi meia hora só para registar tudo e conferir o que a médica queria com o que o centro de saude tinha passado. Claro que faltavam 4 e tive de as pagar do meu bolso, mas é um mal menor, quem gasta tanto dinheiro, é só mais um bocadinho. A técnica que me tirou sangue ficou feliz por eu ter tão boas veias, senão era complicado tirar 5 seringas cheias de sangue (uma delas era aquecida, não sabia que tal existia...). Os resultados tenho-os a partir de dia 4 de Abril e depois é ir mostra-los à médica e decidir que fazer quanto aos congeladitos, mas sinto mais entusiasmada. Quanto estou a fazer algo, nem que seja umas simples análises, sinto mais feliz, acreditem.

 

Domingo de Páscoa foi dia de almoço em casa dos meus sogros e de tarde chegaram os padinhos do Dinis. Foi um entusiasmo total, queria mostrar-lhes tudo e mais alguma coisa, via-se mesmo que estava super feliz. Demos ainda um saltinho a um parque infantil para os miudos brincarem um bocadinho, mas estava tanto vento e tanto frio, que ficamos pouco tempo, mas ainda deu para eles brinarem um bocadinho.

O entusiasmo foi tanto que nem dormiu a sesta mas aguentou-se que nem um valente até às 10h 30m.

 

Hoje ficamos os 3 em casa, pois deram-nos á escolha entre 5ª feira de manhã ou hoje de manhã e como toda a gente quis a 5ª feira, fiquei eu hoje e tirei também a tarde. Fomos ver materiais de construção para a nossa casa e vistar uma tia minha. Mais uma vez o Dinis não dormiu a sesta e desta vez aguentou-se até às 10 horas da noite.... Vamos ver como corre esta semana na escola, depois de tanta farra e tantos dias fora da rotina habitual, geralmente não costuma correr muito bem. Beijocas mil

 

ADENDA: O JD acordou à 1 da manhã a chorar que lhe doia a cabeça e vomitou o jantar. Até às 3 horas não dormiu sossegado e queixava-se na mesma das dores na testa. Dei-lhe Ben-u-ron e acabou por adomecer mas sempre com um sono muito agitado. Acordou pelas 7h 30m e quis leite, bebeu tudo e não vomitou mas voltou a chorar que lhe doia muito a cabeça, tudo isto sem febre e sem mais queixas nenhumas.... Liguei para o Doi-doi Trim Trim e disseram-me para lhe dar o Ben-u-ron e o Brufen alternado e ver a evolução. Fiquei em casa com ele, muito molinho agarrado a mim, mas à 9h 20m deu um salto, ficou muito esperto e começou a falar sem parar e a dizer que já não lhe doia a cabeça, nem sei que hei-de pensar. Perguntaram se ele tinha tido alguma situação de stresse e eu pensei que não mas quando acordou falou no menino queimado que meteu os dedos na ficha (deu uma reportagem à hora do jantar num dos Telejornais sobre pessoas electrocutadas) será que foi isso que o ficou a preocupar???? Aguardo evolução dos acontecimento. 

 

publicado por era1xeu às 23:21

link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
Quinta-feira, 20 de Março de 2008

Boa Páscoa!!!

Desejo que todos tenham uma boa e Santa Páscoa, cheia de amêndoas e ovinhos, mas não comam depois, porque depois quem paga é a balança.....



Divirtam-se muito, descansem também um pouco e para quem vai para fora, boa viagem.



Mil beijocas para todos
tags:
publicado por era1xeu às 12:26

link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
Quarta-feira, 19 de Março de 2008

Dia do Pai

Deixei de comemorar o Dia do Pai à 19 anos atrás, quando o meu pai faleceu. Passou a ser um dia como os outros todos, em que era como se eu estivesse de fora a ver todas a pessoas felizes e a dar prendas aos seus pais. Aprendi a lidar com isso, até porque tinha 19 anos, era adolescente e queria era boa vida. Cresci e acho que passei a sentir mais a falta dessas comemorações fazerem sentido para mim. O Dia do Pai voltou a ter outro significado quando o meu filho nasceu, voltei a dar-lhe importancia por causa dele e do meu marido. Hoje estive a pensar que neste momento, metade da minha vida já foi vivida sem o meu pai e a falta que isso me fez. Por isso hoje vou falar dele, numa homegem sentida com muita saudade.


O meu pai nasceu na zona da Serra da Estrela e veio para a região de Lisboa aprender a profissão de sapateiro. Conheceu a minha mãe e casou com ela quando tinha 29 anos. Era uma pessoa muito activa, jogava futebol e praticava ciclismo. Tinha uma pequena lojinha de sapateiro, onde arranjava o calçado, mas era generoso demais e como conhecia todas as pessoas no bairro, havia sempre quem se aproveitasse disso e ficasse a dever o trabalho. Como tal existia sempre muito pouco dinheiro e os meus pais moravam em casa de uma tia da minha mãe, que era viuva e não tinha filhos.


Ao fim de 10 anos de casamento nasci eu. O meu pai queria um menino, para jogar futebol como ele, mas depois de me ver, apaixonou-se por mim e adorava-me! Passado algum tempo vendeu a loja e começou a trabalhar no Pão de Açucar (actual Jumbo) e a vida parecia estar a melhorar para a minha familia.


Infelizmente o meu pai teve um trombose quando eu tinha 5 anos e ficou paralizado do lado esquerdo. O braço nunca mais o mexer e a perna, com fisioterapia e por ser ainda jovem, lá a conseguia mover, mas sempre a coxear. Foram tempo dificeis para nós, eu era pequena, o dinheiro era pouco, pois a pensão do meu pai era miserável e a minha mãe não podia trabalhar fora de casa para tomar conta dele. O meu pai entregou-se ao alcoolismo e graças aos falsos amigos que lhe pagavam uns copos de vinho e depois de divertiam com a sua desgraça, muitas vezes eu e a minha mãe fomos buscar o meu pai a uma valeta caido. Como tinha dificildade em se equilibrar, cai e por lá ficava, pois ninguém o ajudava. Ficavamos zangados com ele, mas amavamo-lo tanto, que no dia seguinte, e depois de ele dizer que não tornava a fazer, ficava tudo bem de novo. as dificuldades eram pois muitas e ainda hoje não sei como os meus pais conseguiram sobreviver, mas o amor que tinhamos uns pelos outros ajudava a ultrapassar os momentos menos bons na nossa vida.


 

Quando eu tinha 16 anos, foi detectado um cancro na próstata ao meu pai. Uma desgraça nunca vem só, certo? O médico que o examinou e detectou o problema era nosso amigo e disse que não valia a pena fazer nada, que o meu pai tinha 2 anos de vida e que o que tinhamos de tentar era que este tempo fosse o mais confortável possivel para ele....


 

Começei a trabalhar aos 18 anos e 95% do meu salário era para os medicamentos do meu pai. Nunca lamentei nem uma só vez o pouco dinheiro com que ficava na carteira e acredito que fiz tudo para que ele se sentisse melhor. Os 2 anos seguintes foram passados entre periodos de internamento hospitalar e algum tempo em casa. A medicação ajudava a diminuir-lhe as dores, mas era inevitável e um mês antes de eu completar 20 anos, o meu pai faleceu. Lembro-me desse dia como se fosse hoje. Estava internado e fomos ao hospital para mais uma visita. A cma estava vazia e no corredor havia um biombo. Fui espreitar e lá estava ele já sem vida....


 

Mesmo ao fim destes anos todos sinto a falta dele. No fundo nunca tive um pai igual à outra pessoas, mas sempre me deu muito amor e carinho. Era muito afectuoso e adorava dar-me miminhos. A minha mãe era mais arisca nesse sentido e nós os dois inundaamo-la de beijos e mimos até ela se render. Bons momentos que recordo com saudade.


 

Quando olho para o meu filho, acho-o muito parecido com o meu pai: Os mesmos modos carinhosos, os olhos claros e expressivos, o sorriso fácil. Tenho pena de o meu pai não ter estado presente em tantos momentos importantes da minha vida, como o terminar o meu curso, o meu casamento ou o nascimento do neto. Mas nesses dias ele esteve sempre presente no meu pensamento. O seu neto é o filho que ele sempre quis e não teve, no fundo foi um desencontro, destes que a nossa vida tanta vez tem.


 

Não sei se existe algum sitio melhor do que este onde estamos agora, ou se existe mesmo alguma coisa depois da morte, mas acredito que enquando nos lembrarmos dos pessoas, elas estão vivas no nosso pensamento e na nossa memória e enquanto eu for vida, meu querido pai, não será esquecido!!!! E aqui fica a minha homenagem para ti.....



 

E claor, que deixo aqui também uma beijoca grande para o outro pai que existe na minha vida, o pai do meu filho, que eu amo muito, muito, muito!!! Feliz dia do pai para ti, meu querido!


 

tags:
publicado por era1xeu às 11:42

link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Boa Páscoa

. O dia de Carnaval

. Fim de semana de Carnaval

. Visita ao Museu + Carnava...

. O nosso fim de semana de ...

. JD e a escola

. O pesadelo do Dinis

. Faz hoje 3 anos....

. Faz hoje 12 anos....