.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Sexta-feira, 10 de Outubro de 2008

A 1ª carta de amor do João Dinis

Na 4ª feira ao fim do dia, quando estavamos já prontinhos para dormir, o Dinis disse-me:

- Mamã, preciso da tua ajuda...

- Diz lá, filho

- Hoje quando me levaste à escola fiquei a chorar muito. Depois fui para a sala de brincar chorar à vontade...

- E estavas sozinho?

- Não, estava ao colo da P. (uma das educadoras).

- Ainda bem e mesmo assim não paraste de chorar?

- Sabes, a J. que é da sala dos meninos da 1ª e 2ª classe levantou-se da mesa dela, veio ter comigo e disse: "João,não chores que a mamã já tem vem buscar, daqui a um bocado" e eu deixei de chorar sozinho!

- Muito bem, filho, fizeste muito bem, chorar para quê? Tu sabes que a mamã ou o papá te vão buscar sempre... A J.foi muito querida, não foi?

- Sim e por isso eu queria escrever-lhe uma carta a dizer que ela foi muito querida e fofa e linda...

- Calma, filho, também não vale a pena exagerar, mas a mãe ajuda-te a escrever qualquer coisa, está bem? Agora toca a dormir!

- Está bem, mãe, mas não te esqueças da nossa conversa amanhã, está bem?

 

De manhã, a 1ª coisa que perguntou quando acordou, já no carro a caminho da escola, foi:

-Mãe, lembras-te o que eu te disse ontem, quando estava a dormir?

- Sim, lembro...

- Então dá-me lá um papel e uma caneta para eu escrever a carta à J.

 

Dobrei uma folha A4 2 vezes e por fora ele escreveu o nome da menina. Lá dentro, pediu para eu o ajudar a escrever "Obrigada - Beijinho - De: João Dinis". Perguntou as letras das 2 1ºs palavras e o resto escreveu ele.

 

Ia todo contente, a caminho da escola, com a carta na mão, mas de repente lembrou-se:

- Ó mãe, como é que eu lhe dou a carta?

- Pedes ajuda à professora, eu não vou lá estar contigo...

- E se os meninos se riem de mim?

- Eles costumam rir de ti?

- Não...

- Então porque haviam de rir, não vais fazer nada para eles se rirem...

 

E pronto, lá foi o meu filho com a sua 1ª carta de amor. Achei tanta piada, este meu filho tem umas ideias tão giras! Vai ser fresco com as meninas, vai ser sim

 

Ao fim do dia, vinha todo contente, com uma carta que a menina lhe tinha dado, em resposta à dele, veja o que ela escreveu:

 

(por fora)

 

(por dentro)

 

 Acabou bem a 1ª história de amor do meu menino. Estou a ver que ele gosta de meninas mais velhas  . Achei esta história tão gira e senti uma ternura tão grande pela atitude do meu filho, ele ficou tão agradecido à menina, por ela o te consolado, apesar de nem ser da salinha dele, que lhe quis fazer um mimnho. Um doce, este meu filho, não acham? E quem resiste a esta carinha linda???

 

sinto-me:
tags: ,
publicado por era1xeu às 23:11

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis