.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds

Domingo, 22 de Junho de 2008

Faz hoje 12 anos....

... que a minha vida mudou. Foi um dos dias mais felizes da minha vida, só ultrapassado pelo nascimento do meu filho. Foi pois o dia do meu casamento com o amor da minha vida.

 

Namoramos um ano e meio e decidimos unir as nossas vidas. O casamento foi religioso e tiramos as fotos da prache, que não posso mostrar aqui, pois na altura ainda não haviam máquinas digitais, mas acreditem que não ficaram nada mal.

 

Tinhamos perto de 200 convidados, sendo que a maior parte era do meu lado. Correu tudo muito bem e ao fim do dia dormimos pela 1ª vez juntos. Sim, que ao fim de um dia tão intensivo, a unica coisa que queriamos fazer era dormir...  

 

Foram 12 anos felizes, sem duvida nenhuma. Com momentos menos bons também, nem seria normal se tal não fosse. Somos diferentes mas acho que é nessa diferença que assenta o nosso equilibrio. Caminhamos lado a lado na infertilidade e acho que a nossa relação até saiu fortalecida por isso. Ter filhos era um objectivo comum e que tentamos alcançar amparando-nos um ao outro. Quando a minha mãe morreu inesperadamente, sei que o meu marido sentiu como se da sua mãe se tratasse, pois davam-se às mil maravilhas.

 

Só desejo que a nossa relação continue por muito e longos anos, pois é ao pé do meu marido que quero envelhecer e gozar a minha reforma.

 

Meu querido marido, não sei se vais ler estas minhas palavras, mas quero que saibas que te amo mais que ontem e menos que amanhã. E espero continuar a fazer-te feliz, apesar de não ter conseguido dar-te a prenda que tanto desejavas. Consegui dar-te uma prenda dessas à 4 anos atrás e olha, já não foi mau, certo??? Tal como dizes, o nosso filho é só um mas vale por uns 10 (pois, pois, não sou só eu que sou mãe babada, o meu marido também é um pai babadissimo!!!!).

 

Feliz dia para nós!!!!!

 

 

tags:
publicado por era1xeu às 01:00

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis