.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O pesadelo do Dinis

. Natação e miminho do JD

. Mamã ainda doente

. Preparativos para a festa

. Natação e livros

. Ano Novo, Vida Nova... Ou...

. 2ª aula de natação

. Natação

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.Prémio que ganhei

.Contador

visitas

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds

.My Baby

Lilypie 5th Birthday Ticker

.Adopção

Lilypie Waiting to adopt Ticker
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

O pesadelo do Dinis

Ontem eu e o Dinis fomos à natação. Já não iamos à 2 semanas, 1º porque ele esteve doente e depois porque calho no dia do meu aniversário. Ele já tinha saudades e fartou-se de pular, saltar e brincar dentro de água.

 

Quando estavamos a cehgar a casa, começou a ficar um pouco rabugento, a pedir a chucha (o que só faz se tem sono ou não se sente bem). Jantou sempre a resmungar e eu fiquei logo preocupada. Fui ver se tinha febre e não tinha. Mas ainda repeti esta operação 2 ou 3 vezes.

 

Tenho de confessar que desde que o Dinis teve a convulsão febril, em Agosto, se o vejo um pouco mais murcho, fico em pânico. unca fui uma mãe ansiosa com as doenças e acho que lidei bem com o problema do pescoço dele e com o internamento de 2 dias devido à convulsão. Só que nem sempre é na altura que as coisas nos abalam. Fiquei muito mais ansiosa em relação a qualquer situação que eventualmente lhe possa provocar febre. Fico logo preocupada, passo o tempo a ver se tem febre, esta noite nem dormi em paz, sempre de volta dele, a colocar o termómetro para ser se a febre tinha subido.

 

Talvez devido a isso, por volta das 7h 30m, ele acordou a gritar e a chamar por mim. Eu estava no banho e foi o pai que lhe foi acudir. Abraçou-o, beijo-o e levou-o para o nosso quarto, onde ficou a ver desenhos animados. Disse que tinha tido um sonho mau e quando eu sai do banho, conversei com ele, para saber o que se tinha passado, ao que ele me contou o seguinte:

 

- Mamã, tive um sonho mau. Sonhei que estavamos os 2 lá em cima (nós moramos num duplex) e que tu foste buscar o termómetro. Depois meteste-o debaixo do meu braço e disseste que o meu coração tinha parado e que eu tinha morrido...

 

Foi o meu coração é que disparou. Então o meu piolho já tem sonhos sobre a morte? Ultimamente ele tem feito muitas perguntas sobre o coração, quer ouvir o meu a bater, que eu ouça o dele, mas nunca pensei que ligasse tal coisa à morte.

 

Eu dei-lhe mimos e beijos e tentei acalma-lo e disse-lhe que nunca, nunca lhe ia dizer tal coisa e acho que ele ficou mais descançado. Penso que deve ter a ver com alguma coisa que ele ouviu na escola, mas espero não ser eu que o influencio de alguma maneira nestas coisas?

 

Os vossos meninos tem pesadelos? Com quê? E falam sobre a morte? Eu acho que o meu filho fala nisso, sem ter consiência do que verdadeiramente é a morte. Eu nunca disse que a avó morreu, digo que está no céu, com o Jesus, apesar de lhe fazer confusão ve-la em fotos e videos em ambientes familiares, como a nossa casa.

 

Meu deus, só de pensar que o coração do meu filho podia deixar de bater, sinto um frio no estõmago. Deus me conserve este sorriso lindo por muitos e longos anos.

 

Bom fim de semana para todos e que o sol brilhe, pelo menos nos nossos corações.

    

 

 

publicado por era1xeu às 23:32

link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

Natação e miminho do JD

Ontem quando fui buscar o Dinis à escola a auxiliar que lá estava disse-me para eu ir ver o miminho tão lindo que ele me fez. Por nos estarmos a aproximar do Dia da Mãe, já se sabe que eles fazem umas prendinhas para nós. Além disso dizeram um desenho que simboliza a mãe e disseram às educadoras o que achavam sobre a mãe e elas escrevem. Aqui está o que o meu menino disse sobre mim:

 

"A minha mãe chama-se (nome completo, com todos os apelidos) e tem os cabelos castanhos e os olhos pretos e brancos (!). A minha mãe é muito fofa e dá-me muitos beijinhos"

 

É de ficar derretida com ele, não é? Então depois de ler o dos outros meninos que dizer coisas do género: "a minha mãe dá-me banho" ou "a minha mãe dá-me a comida" ou ainda "a minha mãe leva-me a passear ao parque" consegue perceber-se pelo que ele diz que é um menino muito, muito ternurento. Ele é mesmo assim, adora dar e receber mimos e beijinhos. É uma criança simpática e dada, o que sempre desejei para um filho meu, as crianças tipo bichinho do mato não tem muito a ver comigo... Acho que ele sai a mim e ao meu pai. Nós sempre fomos assim, muito afectuosos. A minha mãe já era mais comedida na sua manifestação de sentimentos mas era completamente esborrachada por nós e não valia a pena resistir!

 

Outra coisa que elas acharam muito emgraçado foi o facto de ele dizer o meu nome completo, pois todas as outras crianças apenas dizem o primeiro nome das mães. O Dinis não, ou é tudo ou então não é nada. Danadinho, não?

 

Tou em pulgas para ver o que ele me fez, vai ser só 2ª feira porque na 6ª ele não vai, temos um dia de férias e apesar de não irmos para lado nenhum, ficamos por casa que também sabe bem de vez em quando.

 

Ontem também fiquei muito feliz com os progressos do JD na natação. Já não iamos à 15 dias, uma semana porque ele tinha sido mordido por bichos e tive medo que a água da piscina agravasse a situação e outra porque eu me esqueci do meu fato de banho . Por isso eu pensava que ia ser complicado o regresso, até porque tem um professor novo. Mas afinal correu tudo mesmo muito bem.

 

Desta vez a aula foi na piscina das crianças, algo que não acontecia à algum tempo, porque havia um problema na bomba dessa piscina e eles tinha de andar na dos grandes, ou seja, sem pé para eles em lado nenhum. Quando ele entrou e sentiu que podia por de novo os pés no chão fico completamente à vontade. Na parte onde tem pé não parava de andar de um lado para o outro e de ir apanhar os brinquedos que por lá andavam. Fez a piscina de um lado ao outro sozinho no tubo de esferovite e apanhou argolas do fundo da piscina, abrindo os olhos algumas vezes, o que foi um grande progresso.

 

Eu sou uma mãe babada e galinha assumidissima mas ontem uase que rebentei pelas costuras com todas as coisas com que o meu filhote me presenteou. Filho lindo, ADORO-TE!!!!

 

E para todas desejo um bom feriado e bom fim de semana, prolongado para alguns sortudos (como eu!!!)

publicado por era1xeu às 11:10

link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Abril de 2008

Mamã ainda doente

Como não tivesse melhorado tive de ir ontem ao médico. Ela achou pelos sintomas que devia ter a ver com um ataque de sinusite. Mas depois de me observar a garganta disse-me que mais uma vez tinha uma infecção na garganta. Toca a tomar antibiótico. E hoje estou com uma dor de cabeça monumental. Acho que só me lembro de ter tido uma vez uma dor de cabeça assim, à muitos, muitos anos atrás. Por isso acho mesmo que o problema da garganta está também associado à sinusite e dai eu sentir-me tão mal. Ainda bem que hoje é 6ª feira, pois não me dá jeito nenhum ficar em casa, pois tive de tirar dias e horas a semana passada por causa do Dinis e o trabalho está cada vez mais a apertar. De qualquer maneira a médica também disse que se eu não estivesse melhor na próxima 4ª feira, para lhe fazer novamente uma visita e estou a ver que é isso que se vai passar. Vamos lá ver é se aguento até lá sem voltar ao médico....

A sério, às vezes sinto-me muito cansada, quando não é algo com o Dinis é comigo ou com outra pessoa de quem eu gosto. Tou a precisar tanto de uma fase boa e cor de rosa na minha vida.... Sim, o meu filho tem o dom de pintar o mundo de cores linda e luminosas quando olho para ele, mas às vezes preciso de um pouco mais do que isso. E a minha vida tem tão poucos periodos que posso considerar verdadeiramente bons, que me custa levantar de manhã, com medo do que possa vir a enfrentar nesse dia. OK, ok, sei que pareço pessimista mas hoje estou assim, sinto-me mal e além de tudo sem paciência para nada, pois o meu inimigo nº 1 deve estar ai a aparecer e por vezes deixa-me assim,  rabugenta e pessimista.

E 3ª feira queria começar a Aquafitness pois inscrevi-me porque sentia que precisava de fazer alguma actividade fisica e gosto de actividades que estejam ligadas à água. Durante alguns anos pratiquei natação mas nunca de competição. Depois parei pois as piscinas eram um bocado fora de mão. gora vou com algumas colegas para a mesma piscina onde anda o meu filhote, às 3ª e 5ª à hora do almoço. Acho que vai ser divertido mas elas vão começar já na 3ª feira e eu também queria ir!!!!

E as conversas do meu menino sobre a minha doença, vejam só:
- Eu queria o colinho da minha mamã!!!
- Filho, a mãe está doente, não te pode dar colinho....
- E onde está a doença?
- No corpinho da mamã.
- No corpinho? Está também na tua barriga?
- Sim, está no corpo todo!
- Então comeste a doença? Porquê se não gostavas dela????

- Mãe, vais ter de tomar os "dicamentos" todos para ficares boa num instante! Eu trato de ti e dou-te os "dicamentos" todinhos!  E não chores que não doi nada e sabem muito bem!

Também fiquei irritada pois ontem desmarcaram-me as consultas que tinha para a próxima 3ª feira, para mostrar as minhas análises que estão prontas hoje e para planear a transferência dos meus congeladitos. Foram adiadas para dia 14 e 17, respectivamente. Eu sei que é pouco tempo, mas fiquei zangada, estava mesmo a apetecer-me fazer qualquer coisa.... Grrrrrrr, que raiva!!!!!



Fui buscar as análises do Dinis que faltavam ao hospital e não fiquei lá muito descansada. Alguns dos valores estão fora dos limites que lá estão e por isso causam-me algum receio. Eu sei que certos valores isolados podem não ter muito significo e que podem estar alterados por ele ter perdido tanto sangue mas mais uma vez vou andar de coração nas mãos até 2ª feira às 18 horas, pois é quando tenho a consulta marcada para ir ao médico com ele. Ou seja, mais um fim de semana em desassossego mas por razões menos simpáticas: a prespectiva de o Dinis ter problemas e o facto de eu estar doente.

De qualquer maneira 2ª feira à tarde quero estar melhor pois mais uma vez vou á televisão. Pois é minhas queridas, aqui a vossa amiga é uma vedeta e testa vez vou à RTP1 ao programa que dá da parte da tarde, penso que se chama "Portugal no coração" e vou mais uma ves falar do meu problema de infertilidade. Mas só vos conto a vocês, para se rirem um bocadinho de mim e da minha conversa, pois a história já a conhecem de cor e salteado. De qualquer maneira o que é bom para mim é que a maior parte das minhas amiga que leêm este blog vão estar a trabalhar e por isso não me vão ver....

Beijocas grande e bom fim de semana para todos, aproveite o sol pois parece que o tempo vai mudar no domingo.
publicado por era1xeu às 18:08

link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
|
Sábado, 19 de Janeiro de 2008

Preparativos para a festa

O tempo passa a correr e neste momentos encontro-me nos preparativos para a festa do 3º aniversário do meu menino. Parece que foi ontem que eu queria tanto, tanto engravidar e ele já vai fazer 3 aninhos..... Mas eu vinha mesmo falar-vos dos pormenores da festa. O tema escolhido foi este:



Pois é, o meu filho anda mesmo numa fase de carros e adorou o carro com botões do McQueen que recebeu no Natal, por isso este é o tema da festa de aniversário deste ano, que achas?

Os convites já estão feito e na minha lista estão 59 pessoas. Mas infelizmente o aniversário dele este ano calha no domingo de Carnaval e por isso vou ter algumas baixas. Neste momento tenho 20 confirmações e 15 desistências mas tenho esperança que os indecisos ainda resolvam ou possam ir, pois adoro ter a casa cheia de gente! Já me disseram que o melhor era fazer a festa um fim de semana depois, porque assim quase toda a gente vinha, mas como ele faz anos no domingo, tem piada fazer a comemoração nesse mesmo dia, não vos parece? De qualquer maneira sem duvida que ele se vai divertir, com muita ou pouca gente, pois basta eu falar na festa, que ele pergunta logo se vai ser hoje e fica todo triste quando eu digo que não é ainda.....
E agora é gastar dinheiro em pratos, copos, toalhas, enfeites, bolo, prendinhas para os convidados e uma pinhata. Sim, vai ter uma pinhata, pois tenho ido a aniversários em que estas estão presentes e é o máximo os miudos (e alguns graudos) a tentar parti-la. Acho que vai ser divertido!

NATAÇÃO
A natação esta semana foi um pouco diferente pois o Dinis teve uma companheira de aventuras. É uma menina um pouco mais nova que ele mas a competição é sempre saudável, quando equilibrada. Por isso o JD até parecia outro menino, a dar montes de mergulhos e a tentar fazer as mesmas coisas que a outra menina! Como ela era mais pequenina acabava por se aventurar mais pois tinha ainda a inconsciência do que poderia acontecer que o JD tinha à uns tempos atrás mas que agora desapareceu por ele já saber exactamente o que vai acontecer e que nem sempre lhe agrada (como a água na cara). Mas foi divertido ve-lo a lançar charme à menina e a tentar fazer mais e melhor que ela.
Por outro lado também foi uma aventura o facto de termos ido para a piscina dos grandes, porque a das crianças estava fechada. Não sei porquê, se seria pela tempertura da água ou por algum acidente com outra criança, mas como o JD anda sempre de mão dada comigo ou na boia, não fez mal nenhum e ele até se achou um menino muito crescido.
(OK, a foto é repetida mas prometo que em breve ponho fotos dele na piscina com o seu fato de surfista)

SAIDAS DO DINIS
- Mamã, doi-me a perna, doi muito - diz o meu menino a choramingar.
- Vem cá que a mãe dá-te uma massagem com creme e já vai passar. Sabes porque te doiem as pernas?
- Porquê?
- Porque estás a crescer.
- Ah, então vou crescer, crescer e depois já posso chegar ao arnário alto e escolher se quero comer bolachas, se quero comer chocolate ou se quero comer gomas....
(pois, o objectivo de vida do meu filho neste momento é chegar ao armário onde eu escondo os doces e que fica fora do alcançe dele, mesmo com uma cadeira a ajudar...)
(comprei-lhe uma colecção de livros que tem um livro por letra do alfabeto e tem uns cartões com imagens de objectos ou situações que começam com as letras em causa. Ele já conhece quase todos excepto os mais dificeis tipo Universo ou Oasis. Eis os nomes que ele deu a alguns cartões e deixo-vos para adivinharem o que ele quer dizer...)
- Ouriço-piqueiro
- Casa de pele
E para quem quer saber como me safei à ultima pergunta dificil que coloquei aqui no ultimo post, depois de alguns segundos a pensar que dizer e de ter os olhos dele pregados em mim a aguardar resposta, lá lhe expliquei que os crescidos podem andar de mão dada uns com os outros ou não, não é preciso fazerem-no para gostarem uns dos outros, basta olhar em volta na rua e ver que muitas pessoas vão juntas a passear e a conversar e não vão de mãos dadas. Parece que o satisfez esta resposta, ufa, mais uma de que me safei!
Beijocas e bom fim de semana




publicado por era1xeu às 17:18

link do post | comentar | ver comentários (34) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

Natação e livros

Depois de muito pensar e ponderar o que fazer acerca da natação do filhote, resolvi seguir a sugestão da Maria, mamã do David. Ela disse-me que para que o filhote não apanhasse frio lhe tinha comprado um fato termico, daqueles dos surfistas, pois o filhote dela também tinha muito frio quando estava na natação, por estar algum tempo fora de água. Achei que devia tentar e ontem comprei-lhe este fato duma loja Decathlon:
O JD adorou, vejam só a pose dele para a foto.... E eu confesso que também achei que ele ficava o máximo, mesmo com ar de surfista, só a faltar-lhe a prancha. Mas o importante era que resultasse e lá fomos nós a correr hoje à tarde para a natação. O Dinis não parava de falar no assunto e de manhã nem queria ir para a escola, para ir logo para a piscina. Quando entramos no recinto da piscina toda a gente ficou a olhar para nós com aquele ar de "Que coisa mais estranha..." . O professor disse logo que realmente resultava para proteger do frio mas que não dava muito jeito para a natação pois os miudos desequilibravam-se mais e nunca iam ao fundo, pois o fato faz com que fiquem a boiar. OK, percebi que ele não achou muita piada mas azar dele! O que interessa é que o Dinis nunca disse que teve frio (só quando meteu o pézito na agua pela 1ª vez) e até achei que lhe deu mais confiança, pois senti-se mais seguro e pessoalmente até o achei mais equilibrado na piscina. Também optei por não lhe dar banho no balneário, pois como é ao fim do dia, regressamos logo a casa e tomamos banho os 2 na nossa querida banheira. Parece-me que correu bem, vamos ver se resulta mesmo, pois ele adora a natação e eu também, por isso fazia pena tira-lo de lá. Obrigada mamã Maria, pela sugestão fantástica. 
 
Na piscina estava uma senhora que só tinha uma perna. Confesso que quando entrei nem reparei nesse pormenor (sou tão pouco observadora, ao contrário do meu marido e do meu filho...) mas quando passei por ela a senhora pediu-me de eu a ajudarva a chegar até à beira da piscina, pois não tinha onde se agarrar e tinha medo de escorregar. Ajudei-a prontamente e ou por coincidência ou não, quando saimos a senhora pediu de novo auxilio. O Dinis fartou-se de fazer perguntas no balneário acerca do porquê da senhora não ter o pé nem a perna. Eu expliquei-lhe que a senhora tinha tido uma doença ou um acidente e que tinha ficado assim. Ele quis saber se tinha doido e eu tive de reponder que sim e aproveitei a oportunidade para lhe dizer que era por isso que eu lhe dizia para ter cuidado com algumas coisas que fazia, com medo de ele se puder magoar e que às vezes até podia ser grave. Quis saber se a senhora estava triste por ser assim.... Bem, disse-lhe que não, que as pessoas aprendem a viver assim, de maneira diferente. Ai, ai, que perguntas dificeis! Não sei se lhe respondi bem, são sempre inesperadas este tipo de perguntas, pois nunca sabemos quando lá vem, mas queria que ele percebesse que à pessoas diferentes mas que isso não faz mal nem faz delas pessoas mais infelizes ou menos boas, espero ter transmitido bem a mensagem.
 
 
 

Sempre adorei ler. Lembro-me de mim bem pequena, ainda sem saber ler nem escrever, a pegar num livro e a tentar contar as histórias, baseada nas imagens que lá via desenhadas e de cada vez imaginava algo de novo, de diferente, que desafiava a minha imaginação de todas as maneiras e feitos. Também me lembro de ter pouco dinheiro e ter um livro novo era uma raridade, como tal lia os poucos que tinha vezes sem conta, até os saber quase de cor e salteado. Depois descobri as bibliotecas sobre rodas da Gulbenkien e para mim era o máximo poder ler livros por tão pouco. Recordo as tardes de sol passadas na Feira do Livro, em que mesmo que só comprasse 1 ou 2 livros me sentia feliz por estar rodeada por eles, por os poder sentir e cheirar (o cheiro do livro novo é tão agradável...).

 

É uma paixão, reconheço, é um vicio, não sei viver sem livros, não sei viver sem ler. Tenho livros por todo o lado, na casa de banho, no carro. Desde que o Dinis nasceu, tornou-se mais dificil ler um livro em paz e sossego. Todo o tempo disponivel é para ele. Eu era daquelas pessoas que ia 15 dias de férias e levava um livro para cada dia. Não podia correr o risco de ter terminado um e não ter outro para iniciar. Agora é mais complicado mas a paixão mantém-se. Estou sempre a ler mais do que um ao mesmo tempo, por os ter espalhados por vários sitios e por vezes também os termino ao mesmo tempo. Este foi-me emprestado pelo meu chefe, ainda antes das férias de verão em Agosto e só agora o terminei:

 

E gostei. É diferente do que leio habitualmente (apesar de eu gostar de todos os géneros, gosto muito dos de suspence e aventura) mas achei piada à descrição das viagem que o Muiguel Sousa Tavares fez, até porque como o conheçemos da tv, ligamos perfeitamente o tipo de descrições que já ao tipo de pessoa que ele parece ser. Recomendo.

 

 Acabei também este que é um estilo completamente diferente, mais na linha que está na moda, de suspence baseado em factos históricos mais ou menos veridicos (tipo Código Da Vinci):

  

Também gostei e no fim mal podia esperar para saber como tudo ia terminar. É este tipo de livros que gosto, que me prendem até quase à ultima folha, apesar de por vezes me desiludirem com os finais. Tem sugestões de livros deste género?

 

Não sei se se lembram que tinha comprado este livro na ultima Feira do Livro que houve em Lisboa:

Também gostei, é um romance levezinho que de lê sem problemas e sem nos preocuparmos muito. Sabe bem uma leitura deste género, para se ler sem ter de pensar muito. Depois descobri que uma amiga minha tinha estes 2:

 

 

 

E este ultimo é aquele que vou começar se calhar ainda hoje.

 

OK, conclusão, gosto de quase tudo o que leio... Sim, é verdade, mas houve alguns livros que não consegui ler. Lembro-me do Memorial do Convento do José Saramago que li até ao fim mas com muita dificuldade, não fiquei com vontade de ler mais nada do dito senhor. E també o Senhor dos Anéis, que adoro o filme e achei os livros chatos de morte...Desculpem-me os fãs desdes livros, mas não podemos gostar todos do mesmo, certo?

 

 

publicado por era1xeu às 00:46

link do post | comentar | ver comentários (30) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

Ano Novo, Vida Nova... Ou talvez não

Mais uma passagem de ano que veio e foi embora. Mais um ano que terminou, mais outro que começou. Este ano vai ser bissexto e muitas pessoas consideram que são anos pouco simpáticos, mas eu casei-me num ano bissexto e fiquei gravida do meu filho também num ano bissexto, como tal pode ser que este também me traga muitos momentos bons e que se torne inesquecivel por boas razões, como os outros que mencionei.

 

É que por acaso não me sinto particularmente inspirada para este novo ano que chegou. Sinto-me sem objectivos, sem grande entusiasmo. Hoje acordei assim, com vontade de me meter de novo debaixo dos cobertores e acho que não teve a ver com o frio e a chuva que se faziam sentir lá fora. Deve ter mais a ver com o meu inimigo nº 1 que está quase, quase a dar o ar da sua graça e me deixa sempre um sabor amargo na boca, mesmo antes de chegar. Só me animei quando fui buscar o meu filho à escola e ele foi o tempo todo a sorrir, a mandar-me beijinhos e a dizer que gostava muito de mim. Não lhe pude resistir, fiquei logo agradecida por a vida me ter dado o previlégio de ter um ser tão fantástico na minha companhia. Obrigada, meu filho, por seres a minha âncora, a minha tábua de salvação, a minha luz no escuro e a minha estrelinha que me guia na noite, adoro-te!

 

Bem, mas vamos a coisas mais animadas (ou nem por isso...). A passagem de ano foi em minha casa, só com os meus sogros e nós os 3. Entre jantar e arrumar a tralha de o fazer já era quase meia-noite e o Dinis já começava a dar sinais de sono e a pedir a tão amada (sim, ainda...) chuchinha. Mas à meia-noite animou-se com o barulho na rua, a nossa animação e o fogo de artificio que se via e ouvia ao longe. E claro, quis participar na animação:

Depois toca a dormir e por ser ano novo teve direito a dormir com os papás. Mas por volta das 2 horas da manhã começou a virar-se muito na cama e a choramingar. Acho que passei pelo sono mas por volta das 4 da manhã o JD acordou a chorar, a dizer que lhe doia e a muito custo lá me indicou um ouvido. Tentei logo ligar para os médicos para os quais pago uma mensalidade e que vem ao domicilio mas só a partir das 8 da manhã. Centro de saude também e hospital não sei se me apetecia ir uma noite inteira para o frio à espera de sermos atendidos, mais valia esperar em casa. Expliquei-lhe que tinhamos de ir ao doutor e ai sim, o choro ainda foi mais. De tal maneira que por volta das 6 e meia da manhã ele se cansou e adormeceu! E dormiu até ao meio dia e meia sem dizer nada.... Tinhamos planeado ir almoçar fora com os meus sogros mas fomos pertinho de casa, não fosse acontecer mais alguma coisa, mas para meu espanto (e felicidade, claro) não se queixou de mais nada até agora. Tem alguma tosse e ranhinho, mas isso já o acompanha à alguns dias... Será que alguém me explica o que lhe terá acontecido? Será que estaria a sonhar? Não sei, tenho andado atenta e só hoje lhe lavei a cabeça, com muito cuidado para não entrar água para os ouvidos, mas felizmente, até agora, tudo bem. Que alivio!

 

Hoje não fomos à natação, não só por causa da história do ouvido mas também porque estou na duvida se hei-de continuar lá com o meu piolho, pelo menos para já. Tal como já disse, é um momento nosso, de pura partilha e deiversão, que me dá muito prazer. Mas a semana passada, a água da piscina estava muito fira, apesar de assinalar quase 30º no quadro informativo. Por outro lado os balneários estavam tão quentes que eu até me senti um pouco mal, as temperaturas tão elevadas fazeram-me ficar mal disposta e coma sensação de quem ia dismaiar. A água do chuveiro era tão quente que só a muito custo convenci o Dinis a tomat banho pois ele odeia água quente e teve de ser com um copinho (que levo sempre, porque o chuveiro tem muita força e ele não gosta). Saimos de lá com a pele vermelha e a escaldar. Claro que o reusltado foi tosse, ranhoca e um pouquinho de febre. Fiquei triste. Dá-me tanto jeito ir ali, o preço é convidativo, as pessoas simpáticas, a piscina é nova e limpinha e o horário é brante jeitoso. Mas não sei se vou arriscar a ir lá e depois o Dinis ficar doente. Já pensei em não ir os proximos 3 meses (os pagamentos são trimestrais) e ir de novo em Abril, pois o tempo já vai estar melhor e o choque térmico não será tão grande. Será que me devia queixar? Qual a vossa opinião? Que fariam vocês num caso destes???? Ora veja lá as fotos, se não dá pena deixar de lá ir:

Dá para perceber que eu sou a baleiazinha do lá direito, não dá? A qualidade da imagem não está muito boa, pois foram tiradas das bancadas que ficam um pouco longe.

 

Não é lindo, o meu peixinho na boia????? Dá mesmo pena, até porque ele não tem muito ávontade com a água (gosta, mas como não gosta de molhar a cara, não se aventura muito) sempre ajudava um pouco a relacionar-se melhor com o meio aquático. Que hei-de fazer?????

 

tags:
publicado por era1xeu às 23:50

link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

2ª aula de natação

Ontem para grande felicidade minha e do meu menino, houve aula de natação, a 2ª à qual vamos os 2 juntinhos.... O JD estava super-entusiasmado e não parava de perguntar se a piscina já estava arranjada, pois eu tinha-lhe dito que estava estragada. Lá andei eu numa grande correria, pois só consegui sair às 17 horas e 15 minutos, mas por fim lá chegamos ao local tão desejado.

 

Toca a despir a roupa da rua e a vestir os fatos de banho e correr para a piscina. A água estava optima e confesso que até para mim, estar de molho um bocadinho ao fim do dia, depois de um dia intenso de trabalho, me sabe às mil maravilhas.

 

O que o Dinis menos gosta é mesmo a água nos olhos, mas hoje já fez mais alguns progressos, pois mergulhou algumas vezes, do professor para mim e não ficou muito aflito. Também colocou a cara debaixo de água para ir buscar umas argolas e andou naqueles tubos compridos e que não deixam afundar. Para o fim já dizia que se queria ir embora, mas acho que estava mesmo cansado, pois passa o tempo todo a mexer-se quase sem parar.

 

Lá saimos, tomamos banhoca (é sempre uma aventura tomar banho com ele, que detesta o chuveiro, optei por levar um copinho para lhe colocar a água na cabeça) e vestirmo-nos, lá fomos buscar o papá ao emprego.

 

Voltamos a sair de lá cansados e felizes e tivemos de novo a piscina só para nós. Por um lado é bom, o professor dedica-se só a nós, mas acho que era giro haver outras crianças para ver e partilhar emoções, acho que há mais uma menina inscrita mas nós ainda não a vimos.

 

Sei que estão a pensar: "Agora vem ai as fotos...." mas não, ainda não foi desta. Pois é, a tonta da mãe do piolho, que anda sempre de máquina fotográfica na mala, esquceu-se dela hoje em casa e não houve fotos para ninguém. Mas fica aqui uma linda dele, para vos compensar, pode ser?

OK, ou pelo menos assim assim, pois ele agora faz esta cara sempre que lhe tento tirar uma foto. Mas é a minha estrelinha e por isso acho que está bem ilustrada.

 

A seguir à natação tivemos direito a um jantar no restaurante, porque o meu marido dizia que eu tinha de lhe pagar alguma coisa (como se não saisse do mesmo bolso ) pois ao fim de 20 anos a trabalhar no mesmo sitio, finalmente o meu mérito foi reconhecido e compensado. 20 anos, dizem vocês, mas já fazes parte da mobilia! É verdade, nos tempos que correm já é rara esta longevidade num local de trabalho, mas eu comecei aos 18 anos e depois entrei para a faculdade aos 20. Tirei o meu bacharelato à noite e a seguir casei-me. Na minha saga de procurar ter filhos, acabei por ir estudar de novo, para pensar noutras coisa, e fiz a licenciatura. Um ano depois de ter acabado fiquei gravida. Tudo isto foram situações que fizeram com que eu fosse ficando sempre a trabalhar no mesmo sitio, qu é algo seguro, mas nem sempre me sentia bem profissionalmente, pelo contrário, sentia que dava muito e recebia muito pouco em troca e nem sempre tinha de ser monetário, o simples reconhecimento para mi, já sseria bem bom.

 

E foi isso que chegou agora. Sinto-me bem, a trabalhar num projecto novo, do qual gosto e a ser recompensada por isso. Dai o jantarinho pago por mim....

 

Hoje perguntei à educadora do Dinis como ia ser a festa de Natal e ela sorriu e disse que ia ser uma surpresa para os pais, que só iam saber o que ia acontecer mesmo no dia da festa (que vai ser a 18 de Dezembro) e a unica dica seriam algumas roupas e adereços que eles teriam de ter... Claro que fiquei logo em pulgas e mal posso esperar por esse dia!

tags:
publicado por era1xeu às 12:50

link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Natação

Quem apostou que a nossa actividade nova era a natação, ganhou! Foi mesmo isso que iniciamos na 4ª feira e iremos  repetir, sempre que nenhum de nós esteja doente, uma vez por semana.


Para mim vai ser uma correria nesse dia, pois só posso sair do meu emprego depois das 17 horas. Depois disso é enfiar-me no carro, correr até à escola para o ir buscar e voar para a natação. Mas é por uma boa causa, pois acho que lhe vai fazer muito bem.

O JD gostou, às 17h 30m há só mais uma menina que por azar estava doente na 4ª feira mas assim até foi melhor, para ele se habituar sozinho. Chapinhamos, fizemos bolhinhas com a boca (que foi o que ele mais gostou, pois até o repete sempre no banho) e demos alguns mergulhos. Claro que bebeu uns quantos pirulitos, porque ele fechava a boca quando mergulhava, mas quando estava mesmo a entrar na água, dava um grito de alegria e lá vai água!

 

 Eu gostei do espaço e dos balnearios (que são muito limpinhos) mas também a piscina tem pouco mais de um ano, por isso ainda está tudo com muito bom aspecto. Quanto ao professor vamos ver, era simpático mas não me pareceu muito ligado às crianças, dá-me ideia que é professor de natação de todas as idades, mas o JD gostou dele e já faziam grandes conversas os 2 e no fundo isso é o mais importante, a empatia com o meu filhote, até porque não quero que ele seja campião de natação, apenas quero que perca um pouco o receio da água na cara (que o inpede de grandes brincadeira junto a ela) e faça uma actividade desportiva, que é algo bom para o corpo e mente. Veja só como é a piscina:

Nós andamos na piscina que fica do lado esquerod da foto, que tem no minimo 70 cm de profundidade, dá bem para o JD andar em pé sem problemas e ele fez isso durante bastante tempo, tinha era de me ter por perto.

Fotos nossas na piscina é que não tenho pois como devem imaginar, não podia ir para lá com a máquina atrás e o meu marido andava for em serviço e chegou mesmo no fim, quando nós estavamos já a sair da piscina, mas fica prometido uma nova tentativa de fotos para a proxima aula. Vamos ver se será para a semana, pois o Dinis esta noite tossiu muito e eu já ataquei com xarope e aerossois, para ver se não avança muito. O tempo a arrefecer não ajuda mas é tempo dele e Natal sem frio nem é Natal. De qualquer maneira fica aqui uma foto nossa nas férias, foi assim mais ou menos, só que a piscina é coberta, não estava calor, eu tinha fato de banho e estamos os 2 de touca na cabeça, conseguem imaginar???

 


* Soltas do JD 

 

Fomos às compras de Natal e comprei uma caixa da maquilhagem muito gira para uma priminha de 12 anos. Pergunta do meu menino:

- Mãe, para que serve isto?

- É para pintar os olhos e os lábios da prima M.

- E eu posso pintar-me também?

- Não filho, estas pinturas são só para meninas e tu és um menino.

- Mãe, e porque é que tu não te pintas, tu não és uma menina?

- Sou sim, mas nem todas as meninas se pintam.

- Mas tu és uma menina e por isso devias pintar-te....

(será que ele quer dizer que se eu me pintar ficava mais bonita???? Ou será que não sou uma menina por não me pintar????)

 

 

 - Mãe, a avó Ju não se queima?

- Porque é que perguntas isso, filho?

- A avó Ju está no céu...

- Sim.

- O sol está no céu...

- Pois está.

- E o sol é quente...

- É sim...

- Então se a avó Ju está no céu e o sol também e é quente, porque é que ela não se queima?

- Porque a avó Ju está num sitio do céu, ao pé do Jesus, onde o sol não queima.

- E porque é que ela foi para ao pé do Jesus?

- Porque ela era muito boazinha e querida e o Jesus estava muito sozinho e precisave de pessoas como a avó Ju ao pé dele para lhe fazerem companhia.

- E ela tem carro no céu?

- Não, porquê?

- Então como é que ela vai de um lado para o outro?

- Vai numa nuvem!

- Hummmm...

(estas perguntas matam-me, não sei bem o que lhe hei-de responde e ainda não estava preparada para que começassem tão cedo... e são a toda a hora, sem parar, quer saber tudo acerca de tudo)

publicado por era1xeu às 11:54

link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
|

.Nome baby

Wizard Animation

.A minha familia

Pyzam Family Sticker Toy
Get your own Family Sticker Maker & MySpace Layouts.

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. O pesadelo do Dinis

. Natação e miminho do JD

. Mamã ainda doente

. Preparativos para a festa

. Natação e livros

. Ano Novo, Vida Nova... Ou...

. 2ª aula de natação

. Natação