.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Boa Páscoa

. O dia de Carnaval

. Fim de semana de Carnaval

. Visita ao Museu + Carnava...

. O nosso fim de semana de ...

. JD e a escola

. O pesadelo do Dinis

. Faz hoje 3 anos....

. Faz hoje 12 anos....

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.Prémio que ganhei

.Contador

visitas

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds

.My Baby

Lilypie 5th Birthday Ticker

.Adopção

Lilypie Waiting to adopt Ticker
Quarta-feira, 30 de Dezembro de 2009

Feliz Ano Novo 2010!!!!

Votos de um Ano Novo de 2010 cheio de paz, amor, saude e que todos os sonhos se tornem realidade!!!!   :)

 

tags:
publicado por era1xeu às 14:43

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Abril de 2009

Boa Páscoa

Boa Páscoa para todos, com muita paz, amor, amêndoas e ovos de chocolate, são estes os nossos votos sinceros

 

 

E para quem por aqui ainda passa, aqui fica o meu melhor presente de Páscoa!!!

 

 

Beijocas aos montes

tags:
publicado por era1xeu às 12:42

link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Fevereiro de 2009

O dia de Carnaval

O nosso dia de Carnaval foi muito, muito morninho. O tempo estava fantástico mas como o Dinis esteve com febre no dia anterior, não fomos brincar ao Carnaval.

 

Quando na 2ª feira fui buscar o meu menino a casa da minha tia, ia preparada para ir com ele ao médico. Quando cheguei lá encontrei um Dinis muito prostrado e molinho, que ficou super feliz por eu ter chegado. Vi-lhe a temperatura e tinha 39º mas também estava na hora do medicamento e ele estava muito agasalhado. Tirei-lhe uma camisola, destapei-o e dei-lhe a medicação. 30 segundos depois levantou-se, pediu os sapatos e toca a andara por todo o lado aos pulos, sempre pertinho de mim! Ficou toda a gente admirada e até parecia que eu era o medicamento de que ele necessitava para se sentir melhor. Perante isto resolvi não ir ao médico e fiquei para jantar. E ainda bem porque el andou muito animado e até tirou fotos com o seu fato de indio, vejam se não estava lindo...

 

 

Por volta das 21h 30 começou a ficar febril de novo e dei-lhe Ben-u-ron. Fomos para casa e deixei-o dormir na minha cama, com o despertador a tocar de 4 em 4 horas, para lhe dar os medicamentos com medo da subida da febre.

 

Acordou bem disposto e passou o dia muito bem, de tal maneira que está de castigo durante 3 dias, proibido de ver desenhos animados por ter feito uma birra enorme durante o almoço

 

Passamos o dia em arrumações e a ir buscar tralha à casa antiga, pelo que acabamos por jantar fora, sempre com ele muito bem. Foi dormir por volta das 23 horas e mais uma vez ficou junto de mim, para eu o ter debaixo de olho. E foi uma noite bem agitada, pois apesar de não ter febre, não parava quieto na cama, sempre a virar-se de um lado para o outro. Pediu água meia duzia de vezes e acordou muito rabugente e infeliz.

 

Deixei-o em casa de uma tia, que tinha pedido para ele lá ficar e apesar de adorar o sitio para onde ia, não se queria separar de mim. Vim de lá tão infeliz...

 

Mas depois disso já liguei 3 vezes e ele tem estado bem, apesar de não querer dormir a sesta, por dizer que já é um menino muito crescido.

 

Eu acho que ele está a chocar alguma coisa. Febre não voltou a ter mas desde sábado que ele tem as faces muito rosadas ao fim do dia. Fui ver na net e existem umas doenças chamadas a doença da bofetada (ou 5ª doença) e a Roséola (ou 6ª doença) que deixam um rubor nas faces. Podem dar febre e mau estar, mas os tratamentos não são nada de especial, apenas dar paracetemol se tiverem febre, será alguma coisa destas? Alguém conhece estas doenças? Quais os sintomas? Será só impressão minha?

 

Pelo sim e pelo não amanhã vou marcar consulta para o pediatra amnhã. Ele também ainda não foi à consulta dos 4 anos e assim faço as duas coisas.

 

De qualquer maneira aceitam-se sugestões acerca da possivel doença do meu menino.

 

E obrigada pela vossa preocupação em frelação ao meu fofinho, vocês são umas kidas!!!

tags: ,
publicado por era1xeu às 23:29

link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

Fim de semana de Carnaval

No sábado depois de almoçarmos em casa dos meus sogros, fomos à festinha de aniversário do Guilher, filhote da mamã Sandra e divertimo-nos bastante. O Dinis ficou fascinado com os jogos da Playstation, pois não tem nada do género em casa nem costuma brincar com nada idêntico. Ora vejam os mais pequenitos super entusiasmados com o jogo das Corridas Loucas:

 

 

Com muita pena nossa saimos ainda antes de se partir o bolo, pois tinhamos de ir buscar uma data de coisas para a casa nova e o sábado é altura ideal para estas andanças. O Dinis adormeceu no carro e fez uma bela sesta, tendo se ser acordado. Fomos depois buscar uma amiga minha a sua casa e o marido veio ter connosco um pouco mais tarde e fizemos um jantar tardio. O Dinis aguentou-se bem, até à 1 e meia da manhã, hora a que os meus amigos se foram embora e ele acabou por cair para o lado.

 

Domingo foi dia de arrumações e fomos apenas dar uma voltinha com o Dinis a atirar papelinhos, serpentinas e andar de trotineta. Faz-lhe bem o ar puro e temos de aproveitar o sol que por ai anda.

 

 

O pior foi durante a noite. Por volta das 19 horas o meu menino adormeceu no sofá e acordou por volta das 20h 30m. Acordou um bocadinho rabugento e a querer muiotos miminhos mas não me pareceu que tivesse febre. Jantou bem, apesar de um bocadinho a custo e depois ficou muito animado, de tal maneira que tive de o obrigar a ir dormir por volta da meia noite.

 

Deitei-me com ele e lá a convenci a dormir, depois de lhe ler um livro. A seguir acabei por adormecer eu também e fiquei na cama dele até por volta das 2 da manhã, hora a que me levantei, certifiquei-me de que estava sem febre e fui para a minha cama.

 

 Por volta das 5 e pouco da manhã começou a chorar e a chamar muito por mim. Lá fui eu, meia a dormir para lhe pagar ao colo e acalmar. Achei-o quente, medi a febre, deu 38,5º e dei-lhe Brufen. Pediu para fazer xi-xi e lá o levei para a minha cama, onde lhe tirei o pijama e o acalmei com beijinhos e festinhas. Estava muito agitado e trémulo e eu a ficar me pânico, com medo que a febre subisse e que ele tivesse uma convulsão...

 

Estive imenso tempo a olhar para ele, para detectar se estava a tem alguma convulsão ou não e de cada vez que ele me parecia mais agitado, falava com ele. Por fim o cansaço venceu os 2 e lá adormecemos.

 

Acordamos com o despertador a tocar e fiquei na duvida do que havia de fazer. Ele dormia sereno e sem febre e resolvi leva-lo para casa da minha tia como planeado, pois a escola está hoje fechada. Ele acordou quando o estava a vestir e perguntou logo pela fantasia de indio e se ia para casa da tia, brincar com os primos. Eu disse que sim, se era o que ele queria e lá fomos para o carro. Quis muitos mimos e perguntou se podia dormir mais um bocadinho, ao que eu respondi que sim.

 

Ficou em casa da minha tia a muito custo, e eu já liguei 200 vezes para lá. Tem estado muito molinho e a febre subiu por volta da hora do almoço, pelo que tomou remédio de novo. Depois ficou a dormir a sesta. Já liguei para o pediatra, mas ele deve ter feito ponte, porque ninguém atende. Preocupa-se o estado de apatia dele e também o facto de a febre poder subir e poder ter outra convulsão. Estou em pulgas para o ir buscar, mas como ele está a descansar e aqui na empresa está tudo de férias, vou aguentar a muito custo até às 17 horas e depois corro para ele.

 

Acho que vou com ele ao Centro de Saude, pois amanhã é dia de Carnaval e não há sitio para onde me possa virar. Não me apetece ir ao Hospital com ele, a não ser que tenha outra convulsão (Deus queira que não....) e na 4ª feira é o dia de folga do pediatra dele.

 

E amanhã até tinha combinado ir ao Alentejo ter com uma amiga minha... Enfim, com miudos nunca se pode fazer planos!

 

publicado por era1xeu às 18:38

link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

Visita ao Museu + Carnaval na escola

Ontem foi dia de visita ao Museu, com a escolinha. Foram até à Fundação Calouste Gulbenkian - Centro de Arte Moderna. E esta foi a actividade feita pelos meninos:

 

"Truz, truz... o que habita esta casa?

 

Nas obras do Centro de Arte existem casas de várias cores e formatos, com janelas para entrar e voar e portas para abrir com histórias de pasmar. Com uma casa especial, capaz de correr mundo e caminhar, vamos percorrer as galerias e espreitar o que nelas consegue morar: Truz, truz... quem vive por aqui? Destro desta casa mágica, com as nossas pernas a fazer de chão e as ideias de telhado, vai se fácil adivinha!"

 

(imagem retirada do site das Fundação Calouste Gulbenkian)

 

Aqui vai a descrição dada pelo meu filhote:

 

- Havia uma casa mágica. Tinha janelas e portas e um buraco no tecto e nós entravamos por lá. Depois viamos os quadros mas não se pode mexer neles. Estavam lá os meus amigos todos. Andamos, andamos e depois voltamos à casa mágica e comemos bolachas.....

 

Descrição da educadora:

 

- A visita a uma das partes do museu era feita com base na história do Capuchinho Vermelho. Havia uma tenda que funcionava como a casa do Capuchinho e onde se iniciava a história. Depois iam vendo quadros e esculturas que de alguma forma se podiam enquadrar na história (ex: uma escultura felpuda era o lobo mau, uns quadro com muitos riscos coloridos era os caminhos por onde o Capuchinho podia ir, com arvores era a floresta, etc). No final voltaram à casinha inicial e comeram bolachas que eram do lanche que o Capochinho levava para a avozinha.

 

Bem, faltaram alguns pormenores mas alguma coisa ficou, certo?

 

Hoje foi dia de desfile de Carnaval na escola. Lá ia o meu menino todo contente e entusiasmado com a sua máscara de cowboy, acham que estava giro?

 

 

Eles fizeram uma mascarilha na escola, a dele foi de girafa, mas para irem passear à rua iam com os fatos que traziam de casa. Esta roupa era do ano passado mas ele já não se lembrava e eu acrescentei o pormenor da pistola no cinto (conseguem ver?) que ele adorou. Tem outro fatinho novo de indio mas esse fica para passear com os papás, pois já se sabe que este vem da escola provavelmente em estado miserável... Mas isso é saudável, sujar, estragar, rasgar, por isso nada de invertir em fatos muito caros, não acham?

 

Um bom fim de semana de Carnaval para todos e aproveitem bem o sol para mostrar as máscaras dos vossos filhotes

 

 

 

 

publicado por era1xeu às 16:10

link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

O nosso fim de semana de S. Valentim

O nosso fim de semana de S. Valentim não começou lá muito bem.  A noite de 6ª para sábado foi complicada pois o Dinis tossiu imenso. Por volta das 2 da manhã acabou por vomitar parte do jantar e lá tive eu de mudar o roupa da cama, o meu pijama e o dele... Dormi um pouco entre as 3 e as 6 da manhã, altura em que a tosse acalmou mas depois voltou de novo.

 

Às 9 da manhã já estava em cima de mim a pedir mimos e por isso lá me levantei mais morta que vida. A vantagem de acordar cedo é que a manhã dá para fazer muiat coisa. Fomos almoçar a casa dos meus sogros e depois comprar um móvel para o quarto do Dinis, para ele por os livros e os brinquedos.Regressamos a casa e o Dinis não resistiu a fazer uma sesta, coisa que sinceramente também me aperecia, pois ando cansada, com muito trabalho no emprego e as mudanças e arrumações também não ajudam nada a relaxar.

 

E como era dia de S. Valentim, fui jantar fora com os meus 2 namorados. Não fácil arranjar um restautante com vagas, mas perto das 21h 30m lá conseguimos. Aqui fica a minha foto com o meu namorado mais novo:

 

 

Tentei que dormissemos cedo, mas como o Dinis tinha dormido a sesta não estava muito para ai virado. Por volta da meia noite e meia lá o convenci, fiz-lhe aerossois e dei-lhe os xaropes habituais e felizmente a noite correu melhor, ainda tossiu mas já não tanto e por isso deu para descansar.

 

O sol continuou a brilhar o fim de semana todo e por isso fomos no domingo fomos passer até um jardim. Estava cheio de gente e o Dinis levou a sua trotinete para passear, reparem só no estilo dele...

 

 

E também pediu para levarmos uma bola para jogar mas acho que não tenho em casa um jogador de futebol, porque ele dá 2 ou 3 pontapés e depois prefere jogar com as mãos

 

 

Bem, nesta foto até tem pinta de jogardor, não tem?

 

A noite de ontem para hoje foi outra vez terrivel, com muita tosse à mistura. Fico tão deseperada com esta situação, nem sei o que fazer com ele. Dou-lhe xaropes, faço aerossois, ponho-lhe a cabeça mais elevada, etc. Mas nada disso resulta, pelo menos tão rapidamente como gostaria. Sinto-me um pouco chateada com esta situação. Ele está a ser medicado em alergologia, como já vos disse, e no dia a dia acho que está melhor pois pouco tosse, mas de vez em quando tem estas crises durante todo o tempo frio, quase todos os meses isto acontece e é horrivel ve-lo tossir, tossir sem parar, até ficar quase sem folgo...

tags: ,
publicado por era1xeu às 20:34

link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

JD e a escola

Hoje fui falar com a educadora da escola do Dinis. Isto porque eu tinha pedido para falar com ele, face ao boletim de avaliação que tinhamos recebido no final do 1º trimestre.

 

A nivel das capacidades, teve tudo excelente, mas a nivel das actitudes teve tudo médio... Confesso que fiquei triste e preocupada. Eu sei que o meu filho não é uma criança fácil. É meiguinho, doce e simpático mas quando quer e lhe apetece. Tem um feitio complicado em que quer sempre fazer tudo ao jeito e maneira dele. Faz birras e pode vezes amua quando é contrariado. Mas ter médio em todas as atitudes, como é o caso dos parâmetros:

- participa activamente nas actividades programadas;

- aceita e respeita as normas de convivência estipuladas;

- normalmente, relaciona-se e brinca com os colegas;

- tira o máximo partido dos contos, dos poemas, das canções, das danças e do canto na sala de aulas;

deixou-me um pouco preocupada. Por isso lá fui eu, apesar de eu tencionar fazer isto sempre que acabasse um trimestre.

 

A educadora disse tudo o que eu já sabia, pois tem mesmo a ver com o maneira de ser dele. Que o que tinha posto não implicava que ele nunca fizesse o que lá estava descrito, pois se assim fosse, teria ainda uma nota pior. Mas que ele era uma criança de feitio dificil, pois colaborava quando gostava das actividades que lhe eram propostas, que quando não gostava não fazia e oponto final, nada o demovia de não as fazer.

 

Que a hora das refeições é complicada, porque ele come muito bem a sopa sozinho mas depois o 2º prato tem de ser a insistir com ele, mas se lhe derem à boca, come tudo e mais alguma coisa (lá em casa as horas das refeições também são dificeis, porque ele deve achar um desperdicio de tempo estar ali só a comer, sem fazer mais nada...).

 

Que tem dias que está menos bem disposto em que não conseguem fazer nada dele, não quer brincar, não quer fazer actividades, nada, nada.

 

Que prefere estar junto dos adultos a brincar com as crianças da sua idade (se não estiver nenhum adulto mais por perto, ele brinca, mas se estiver, prefere estar com os mais velhos).

 

Enfim, como disse, tudo coisas que eu já sabia e que fazem parte da sua personalidade e que não me parecem assim muito graves.Este é o meu filho, mesmo assim. Mas muito meigo e mimoso, adora demonstrar que gosta das pessoas, com beijos, mimos e por palavras também.

 

Por isso vamos ver a evolução dele mas quer-me cá parecer que na próxima avaliação, daqui a 3 meses, as coisas vão melhorar. Porque eu me interessei. Porque eu falei. E porque vou ter uma conversa com ele sobre a sua atitude na escola.

 

Porque eu já sabia das refeiçõe e conversei com ele. E parece que a situação melhorou esta semana. Não quer dizer que fique bem para sempre. Mas alguma coisa lá fica dentro da sua cabeça. E a pouco e pouco, acredito que ele vai compreender que viver em sociedade também é ceder, é não termos razão sempre, é darmos o braço a torcer.

 

Falou também o facto de ele já saber ler e escrever. Ontem não só escrveru o nome dele nos desenhos que fez mas também o nome de todos os colegas, noe desenhos que eles faziam... Também ontem à noite pegou num livro e leu a contra-capa, onde estava a descrição da história, com 6 frases, de uma duzia de palavras cada.

 

Que isso é muito evoluido para ele, que quando chegar à 1ª classe temos de analisar a situação, por forma a que ele não perca o interesse na escola. Que eventualmente até poderá saltar um ano, no caso de também evoluir em relação aos números como evoluir em relação à letras. O futuro o dirá, mas ele teve uma evolução muito rapida, desde Setembro, em relação ao ler e ao escrever.

 

Dizem para não o incentivar. Eu não incentivo, mas não posso tapar-lhe os olhos para que não veja as letras que nos rodeiam a toda a hora.

 

Sai de lá um pouco mais descansada e aguardam-se os desenvolvimentos sobre a atitude dele na escolinha.

 

Aqui fica uma foto dele, com a coroa que fez na escola, no Dia de Reis.

 

 

Beijocas e um bom fim de semana

 

 

 

 

 

tags: ,
publicado por era1xeu às 18:19

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Outubro de 2008

O pesadelo do Dinis

Ontem eu e o Dinis fomos à natação. Já não iamos à 2 semanas, 1º porque ele esteve doente e depois porque calho no dia do meu aniversário. Ele já tinha saudades e fartou-se de pular, saltar e brincar dentro de água.

 

Quando estavamos a cehgar a casa, começou a ficar um pouco rabugento, a pedir a chucha (o que só faz se tem sono ou não se sente bem). Jantou sempre a resmungar e eu fiquei logo preocupada. Fui ver se tinha febre e não tinha. Mas ainda repeti esta operação 2 ou 3 vezes.

 

Tenho de confessar que desde que o Dinis teve a convulsão febril, em Agosto, se o vejo um pouco mais murcho, fico em pânico. unca fui uma mãe ansiosa com as doenças e acho que lidei bem com o problema do pescoço dele e com o internamento de 2 dias devido à convulsão. Só que nem sempre é na altura que as coisas nos abalam. Fiquei muito mais ansiosa em relação a qualquer situação que eventualmente lhe possa provocar febre. Fico logo preocupada, passo o tempo a ver se tem febre, esta noite nem dormi em paz, sempre de volta dele, a colocar o termómetro para ser se a febre tinha subido.

 

Talvez devido a isso, por volta das 7h 30m, ele acordou a gritar e a chamar por mim. Eu estava no banho e foi o pai que lhe foi acudir. Abraçou-o, beijo-o e levou-o para o nosso quarto, onde ficou a ver desenhos animados. Disse que tinha tido um sonho mau e quando eu sai do banho, conversei com ele, para saber o que se tinha passado, ao que ele me contou o seguinte:

 

- Mamã, tive um sonho mau. Sonhei que estavamos os 2 lá em cima (nós moramos num duplex) e que tu foste buscar o termómetro. Depois meteste-o debaixo do meu braço e disseste que o meu coração tinha parado e que eu tinha morrido...

 

Foi o meu coração é que disparou. Então o meu piolho já tem sonhos sobre a morte? Ultimamente ele tem feito muitas perguntas sobre o coração, quer ouvir o meu a bater, que eu ouça o dele, mas nunca pensei que ligasse tal coisa à morte.

 

Eu dei-lhe mimos e beijos e tentei acalma-lo e disse-lhe que nunca, nunca lhe ia dizer tal coisa e acho que ele ficou mais descançado. Penso que deve ter a ver com alguma coisa que ele ouviu na escola, mas espero não ser eu que o influencio de alguma maneira nestas coisas?

 

Os vossos meninos tem pesadelos? Com quê? E falam sobre a morte? Eu acho que o meu filho fala nisso, sem ter consiência do que verdadeiramente é a morte. Eu nunca disse que a avó morreu, digo que está no céu, com o Jesus, apesar de lhe fazer confusão ve-la em fotos e videos em ambientes familiares, como a nossa casa.

 

Meu deus, só de pensar que o coração do meu filho podia deixar de bater, sinto um frio no estõmago. Deus me conserve este sorriso lindo por muitos e longos anos.

 

Bom fim de semana para todos e que o sol brilhe, pelo menos nos nossos corações.

    

 

 

publicado por era1xeu às 23:32

link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Faz hoje 3 anos....

Que o meu menino foi baptizado. Estava um dia optimo, sem estar muito calor nem muito frio e ele portou-se lindamente. Esteve o tempo podo de cabeça no ar, a ver as pinturs que decobriu no tecto da igrejas e às quais achou muita piada. Nunca chorou e quando a água lhe foi colocada na cabeça, levantou-a muito e ficou todo molhado. Também piso um dos olhos, o que fez toda a gente rir.

 

Tinha pouco mais de 4 meses e ia vestidinho assim:

Esta foto não está grande coisa, mas as mais giras sao do fotografo e como podem imaginar, não as posso colocar aqui. Mas acho que dá para ver como ia fofo.

 

A paparoca foi numa quinta perto da minha casa e tinhamos quase 100 convidados. O bolinho dele era este:

Muito simples, sem grande complicação. e oferecemos uma prendinha destas aos convidados:

Foi um dia muito feliz, que nos trás boas recordações. E aqui fica o rosto feliz do meu menino, depois de um dia tão bom e feliz.

 

tags:
publicado por era1xeu às 18:32

link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito
|
Domingo, 22 de Junho de 2008

Faz hoje 12 anos....

... que a minha vida mudou. Foi um dos dias mais felizes da minha vida, só ultrapassado pelo nascimento do meu filho. Foi pois o dia do meu casamento com o amor da minha vida.

 

Namoramos um ano e meio e decidimos unir as nossas vidas. O casamento foi religioso e tiramos as fotos da prache, que não posso mostrar aqui, pois na altura ainda não haviam máquinas digitais, mas acreditem que não ficaram nada mal.

 

Tinhamos perto de 200 convidados, sendo que a maior parte era do meu lado. Correu tudo muito bem e ao fim do dia dormimos pela 1ª vez juntos. Sim, que ao fim de um dia tão intensivo, a unica coisa que queriamos fazer era dormir...  

 

Foram 12 anos felizes, sem duvida nenhuma. Com momentos menos bons também, nem seria normal se tal não fosse. Somos diferentes mas acho que é nessa diferença que assenta o nosso equilibrio. Caminhamos lado a lado na infertilidade e acho que a nossa relação até saiu fortalecida por isso. Ter filhos era um objectivo comum e que tentamos alcançar amparando-nos um ao outro. Quando a minha mãe morreu inesperadamente, sei que o meu marido sentiu como se da sua mãe se tratasse, pois davam-se às mil maravilhas.

 

Só desejo que a nossa relação continue por muito e longos anos, pois é ao pé do meu marido que quero envelhecer e gozar a minha reforma.

 

Meu querido marido, não sei se vais ler estas minhas palavras, mas quero que saibas que te amo mais que ontem e menos que amanhã. E espero continuar a fazer-te feliz, apesar de não ter conseguido dar-te a prenda que tanto desejavas. Consegui dar-te uma prenda dessas à 4 anos atrás e olha, já não foi mau, certo??? Tal como dizes, o nosso filho é só um mas vale por uns 10 (pois, pois, não sou só eu que sou mãe babada, o meu marido também é um pai babadissimo!!!!).

 

Feliz dia para nós!!!!!

 

 

tags:
publicado por era1xeu às 01:00

link do post | comentar | ver comentários (35) | favorito
|

.Nome baby

Wizard Animation

.A minha familia

Pyzam Family Sticker Toy
Get your own Family Sticker Maker & MySpace Layouts.

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Boa Páscoa

. O dia de Carnaval

. Fim de semana de Carnaval

. Visita ao Museu + Carnava...

. O nosso fim de semana de ...

. JD e a escola

. O pesadelo do Dinis

. Faz hoje 3 anos....

. Faz hoje 12 anos....