.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.Prémio que ganhei

.Contador

visitas

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds

.My Baby

Lilypie 5th Birthday Ticker

.Adopção

Lilypie Waiting to adopt Ticker
Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

À 32 meses atrás....

.... foi o dia mais feliz da minha vida! Pelas 00 horas e 50 minutos nasceu um ser pequenino (bem, nem por isso, com 3.800 kg e 53,5 cm...) e indefeso que se tornou imediatamente no centro da minha vida. Já dentro da minha barriga, nos 9 meses que antecederam o seu nascimento, eu e ele tinhamos criado uma relação profunda e já o amava mais do que a mim propria. Mas depois de ele nascer, apaixonei-me à 1ª vista. Passei a noite toda acordada, com medo de adormecer e que tudo não passasse de um sonho. E ali estava ele, deitado junto a mim, a dormir muito descansadinho e completamente dependente de mim. nem por um segundo achei que não seria capaz de tratar dele, de o criar, o instinto faz com que sejamos capazes de fazer coisas com que nunca sonhamos ou que gostavamos menos de fazer.

 

A minha vida nunca mais foi a mesma, meu filho, e tu nestes 32 meses de vida, tens-me ensinado tanta coisa:

- a viver quase sem dormir;

- a fazer panelas e panelas de sopa sem me importar nada com isso (não gosto de cozinha...);

- a lavar e passar toneladas de roupa, sempre com um sorriso nos lábio (e dor nas costas...);

- a amar incondicionamente, mesmo quando te portas menos bem;

- a estar feliz quando tu sorris e triste quando choras;

- a sofrer quando estás doente e a sentir-me tão aliviada quando estás melhor;

- a sorrir por disparates sem sentido, que tu fazes ou dizes, mas que para mim são lindos de morrer;

- a querer estar sempre ao pé de ti, 24 horas por dia;

- a sentir a tua falta, quando não estou junto a ti, nem que seja um segundo;

- a adorar o teu cheiro, mesmo que seja depois de um dia intenso de brincadeira;

- a voltar a ser criança, quando brinco contigo ou rebolo no chão ou fazemos corridas de carros (sim, eu sento-me num e ele noutro, os carros das crianças são resistentes...)

- a defender-te com unhas e dentes, mesmo sabendo que por vezes podes não ter muita razão;

- a adorar a tua voz, o teu sorriso magnifico e mais que tudo, quando te viras para mim, sem razão nenhuma e dizes: "Mamã, gosto tanto de ti";

 e tantas outras coisas que seria capaz de estar aqui a escrever linhas e linhas sem parar.

 

Confesso que já nem me lembro muito bem de como era a minha vida antes do meu filho ter nascido. Claro que às vezes sinto a falta de coisas que fazia antes, como ir ao cinema quando me apetecia, só porque sim, ou ler um livro em 2 dias ou mesmo ver um filme da televisão do principio aos fim, mas todas essas coisas eu troco de boa vontade por um mero sorriso do meu filho.

 

Amo-te filho, sei que já o disse muitas e muitas vezes neste blog, mas apetece-me dizer isto todos os dias, todas as horas e todos os minutos, para que o Mundo inteiro saiba que o principal responsável pela minha felicidade, pela minha vida, pelo meu sorriso nos lábios é tu, meu anjo, meu querido, meu tesouro, meu piolho, meu amor!

 

sinto-me:
publicado por era1xeu às 00:00

link do post | comentar | favorito
|
38 comentários:
De Fatima a 3 de Outubro de 2007 às 09:00
Parabéns ao JD pelos 32 mesinhos.

Revi-me no teu post.
Muda tudo na nossa vida.

Beijinhos

De Mamã Vera a 3 de Outubro de 2007 às 09:01
Que bonita declaração de amor!!

Adoro estes sentimentos... este amor sincero de Mãe-Filho...

Concordo com tudo!

Qto às aulas... fui a uma de Dança... agora inscrevi-nos numa de musica... depois logo vejo... a nós só da jeito aos Sábados de manhã... mas as aulas de arte tb devem ser muito engraçadas... a minha adora cortagens e colagens!! Vê os horários e inscreve-o numa aula grátis q aches q ele goste... depois logo decidem... não és obrigada a nada!

Beijoca
De Patty a 3 de Outubro de 2007 às 09:11
: ))) deixaste-me com um sorriso nos labios, logo pela manhã.
Beijos grandes minha linda
De Golfinho a 3 de Outubro de 2007 às 09:18
PARABÉNS!!! Que texto lindooooo! Beijos grandes!
De Ana Luísa a 3 de Outubro de 2007 às 09:33
A isto eu chamo amor incondicional...
Parabéns por este amor que te alimenta a alma!
Lindo...e comovente...sente-se que foi escrito com sentimento e muita muita ternura!
De mamaepedro a 3 de Outubro de 2007 às 10:52
Olá Miga!

Está lindo este texto, acho que uma boa mãe se revê nestas tuas palavras amorosas. Parabéns! Eu espero ser uma boa mãe porque também sinto o mesmo que tu.

Muitos beijinhos e Parabéns ao Dinis

Cila e Pedro
De Cris a 3 de Outubro de 2007 às 12:33
Parabéns pelos 32 mesinhos do JD.
Compreendo muito bem esse amor e o quanto te apetece dizer que o amas... e nunca é demais dizê-lo, pois as palavras são muito poucas para o expressar...
Beijinhos.
Cris
De Nany a 3 de Outubro de 2007 às 13:42
Lindo, lindo, lindo, uma belíssima declaração de amor.
Parabéns pelos 32 mesinhos.
Revi-me em cada uma das tuas palavras, ser mãe é mesmo a melhor coisa do mundo. Faz-nos crescer, entender, perceber, sonhar, acreditar, lutar com unhas e dentes, sorrir, chorar, apreciar as coisas da vida e perceber que a felicidade é possível, que o amor incondicional não é uma utopia, que temos um papel válido nesta terra e que acima de tudo a luta, a esperança, a angustia o levantar-mo-nos das derrotas, dos contratempos valeu a pena porque a recompensa é muito muito maior.
Os filhos são dádivas de Deus nas nossas vidas.

Em Sintra neste mês não vejo nada acerca de dança de bebés, mas a Filipa Golfinho deixou u comentário no meu blog que à em Odivelas, quem sabe se dá para ir. Vou tentar descobrir e poderia ser giro irmos (juntos ou não). No entanto há várias coisas para crianças com entrada gratuita ou + barata em Sintra, o teato que fui custou 1€. Vê neste link http://www.cm-sintra.pt/ a agenda cultural.

Bjks grandes
De Lojinha da Pipocas a 3 de Outubro de 2007 às 13:55
Muitos Parabéns e Muitas Felicidades ao JD pelos seus 32 mesinhos de vida! Tudo a correr bem!
Temos uma coisinha em comum: detesto cozinhar!
Beijoquinhas fofinhas e xi-corações apertadinhos para o JD e para a mamã Maria!
De mar a 3 de Outubro de 2007 às 14:02
Que lindo, é tal e qual eu me sinto. O teu filho vai adorar ler todas essas coisas quando for maiorzinho :D. Parabéns, pelos 32 meses, pla filho lindo que tens, por caberes num carro de bebé (LOL) e por seres como és.
Uma beijoca

Comentar post

.Nome baby

Wizard Animation

.A minha familia

Pyzam Family Sticker Toy
Get your own Family Sticker Maker & MySpace Layouts.

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis