.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.Prémio que ganhei

.Contador

visitas

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds

.My Baby

Lilypie 5th Birthday Ticker

.Adopção

Lilypie Waiting to adopt Ticker
Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

1ª semana na casa nova

A 1ª semana na casa nova foi passada a limpar, transportar tralha, arrumar, limpar, transportar tralha e arrumar. Mas sempre com um sorriso nos lábios, mesmo quando as coisas não correm tão bem como gostariamos.

 

É bom ir para uma casa nova, é bom arrumar tudo de novo, é bom sentirmo-nos bem, mesmo que ainda falte tanto para que seja o nosso lar definitivo. Mas com saude, amor e algum dinheiro, claro, chegamos lá.

 

O Dinis adora. Como os armários ainda estão quase todos vazios, aproveita para brincar às escondidas....

 

E a minha sogra ainda nem cá a casa quis vir, o meu sogro tem ajudado imenso mas ela, nada! Temos um problema com a placa vitrocerâmica que não funciona e por isso não posso cozinhar. O forno ainda não foi comprado e apenas posso usar o micro-ondas ou o grelhador eléctrico. Acreditam que ela nem se ofereceu para fazer a comida???? Fez um bocadinho de sopa mas teve de ser o meu marido a pedir... Ai se a minha mãe fosse vida, o que ela se ia divertir a arrumar a nossa casa e a tomar conta de nós. Será que ela não percebe que o filho fica triste com esta atitude dela? Até o Dinis já perguntou quando é que a avó vai lá a casa. E nem percebo o porquê, ela sempre foi contra esta casa, vá-se lá saber porque razão. Enfim, foi só um desabafo.

 

Pelo meio ficou mais uma reunião do grupo de Apoio da Associação Portuguesa de Infertilidade. Já tinha muitas saudades das meninas e dos meninos que por lá passam e especialmente da minha amiga e companheira de coordenação do grupo, a Sandra, mamã do Guilherme.

 

Mas tenho de confessar que me senti um pouco deslocada. Sei que tenho a minha experiência pode ajudar as outras pessoas e só por isso ali me mantenho. Depois do meu ultimo negativo pensei seriamente em sair do grupo. depois fui ficando, principalmente por causa da Sandra, pois de resto sei que ela daria bem conta do grupo e as outras pessoas não precisam de mim, é sempre com ela que falam, é sempre com ela que contactam.

 

No inicio da reunião pensei mesmo no que estava ali a fazer e só quando alguém fez um comentário que não me agradou, consegui soltar-me um pouco mais. Também ninguém me perguntou nada, ninguém quis saber como me sentia. Mas depois senti-me melhor, mais solta, mais eu.

 

Vou ter de pensar um pouco melhor se quero continuar ou não. Ao fim e ao cabo o meu objectivo de vida agora é diferente. Todas aquelas pessoas lutam contra a infertilidade e eu já entreguei os pontos. Não vou fazer mais tratamento nenhum nem sentir a ansiedade de um negativo ou de um positivo. Apenas rezo por um milagre natural que possa acontecer todos os meses. E que nunca aconteceu em 12 anos, porque iria ser agora????

 

Tenho então de resolver, para já temos nova reunião daqui a um mês, logo vejo que me apetece fazer.

 

E só falta uma semana, sabem para quê????  

 

 

 

publicado por era1xeu às 23:58

link do post | comentar | ver comentários (35) | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Janeiro de 2009

Andar de transportes publicos

A semana passada tive de regressar a casa ao fim do dis, com o Dinis, de transportes publicos. A familia Pereira geralmente vai de casa para o trabalho e para a escola de carro, pois somos 3 e acaba até por sair mais barato do que tirar passes sociais.

 

No entanto só temos um carro e nesse dia o meu marido tinha de ficar em Lisboa até mais tarde. E ai começou a nossa aventura para chegar a casa, vejam só:

 

- 17h 30m - pai vai buscar Dinis à escola de carro ainda e deixa-o comigo, no meu emprego;

- 17h 50m - saimos do meu emprego e fomos para o Metro; tinha acabado de passar um para onde iamos e do outro lado da linha passaram 2 antes de vir outro para nós; toda a gente olhava espantada para o Dinis porque ele lia quais a estações que apareciam no visor;

- 18h 15m - chegamos à estação de comboios e compramos o bilhete; havia um comboio às 18h 21m mas avisaram que estava com 5 minutos de atraso; acreditam que não conseguimos entrar no dito comboio porque estava tão cheio que tive medo que esmagassem o miudo???? Ficamos à porta os 2 e mais algumas pessoas, rpincipalmente quem tinha ciranças, não arriscou a entrar...

- 18h 36 m - chegou outro comboio, lá conseguimos entrar, pois fomos para a ponta da gare onde não havia quase ninguém; mesmo assim o comboio estava cheio e eu com o Dinis ao colo, não conseguia chegar aos lugares para me sentar; verdade se diga que as pessoas nem se desviavam nem um bocadinho e eu nem me conseguia agarrar, mas depois resolvi empurrar e empurrar e lá consegui chegar aos bancos, sendo que se levantaram logo pessoas para nos dar o lugar; mas haviam de ver o olhar de algumas pessoas, tão incomudadas por eu as ter empurrado para passar.....

- 19 h - era noite cerrada e o Dinis só via braços e pernas das pessoas que iam no comboi, pois a zona á beira do caminho de ferro é pouco iluminada e como tinhamos de trocar de omboio, saimos na estação onde iamos a passar

- 19h 01m - apanhamos o comboio seguintes, que chegou logo, log; vem cheio mas não tanto como o anterior e lá nos dão lugar com facilidade;:

- 19h 10m - chegamos à estação de destino; temos ainda de apanhar uma camioneta para casa mas como os transportes publicos são fantásticos, vejo o autocarro ir embora assim que saimos da estação...

- 19h 25m - finalmnte chega outra camioneta; estava frio mas o Dinis andava aos pulos por cima dos bancos e eu deixei para ekle se manter mais quentinho.

- 19h 30m - FNALMENTE chegamos a casa!!!!

 

E agora questiono-me que são os idiotas que nos dizem para andamos de transportes publicos????? Certamente os senhores e as senhoras que nunca os utilizam ou tem carro com motorista, que os transporta todos os dias.

 

Porque foi uma aventura divertida para um dia mas se fosse assim todos os dias, era muito complicado. Claro que se eu fosse sem o meu filho, não precisava de ir nem de metro nem de camioneta, fazia os trajectos a pé, mas com crianças isso não é possivel, ainda por cima já de noite e com chuva e frio.

 

 

 

publicado por era1xeu às 12:27

link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Ventos de mudança

... é o que se faz sentir aqui para os meus lados. Falo de mudança fisica, pois mudamos para a casa nova no domingo passado. Agora estou sem net na casa nova por isso vai ser mais complicado dar-vos noticias e visitar os vossos cantinhos, mas vou tentar.

 

Correu tudo bem, mas foi cansativo. Mudamos os móveis e o resto vai indo a pouco e pouco. Ainda falta muita coisa e estamos a dormir no colchão no chão, mas estamos muitos felizes.

 

Agora é preciso saude para trabalhar e ganhar dinheiro para a acabar. A paz para a gozar. E amigos para a partilhar.

 

No meu emprego também vou mudar de sala (pela 20º vez, talvez...) ando com a casa às contas por todo o lado. Menos fica tudo feito de uma vez!

 

A agora fotos do fim de semana. No sábado os meus sogros fizeram 50 anos de casados. Fomos almoçar fora e depois viemos para casa arrumar tralha. O bolo da praxe, pedido pelo Dinis, não pode faltar.

 

 

Deppis fomos levar o menino a casa dos padrinhos, pois não dava jeito fazer a mudança com ele por perto. Jantamos por lá, uma lasanha de frutos de mar deliciosa, que a minha comadre fez. E o dia terminou com uma sessão da Karaoke dos Abba na Playstation dos nossos amigos. Foi de rir às lágrimas. Vejam só os meus meninos, tão consentrados a cantar...

 

 

Domingo foi pois dia de mudança, com um tempo horrivel para o fazer, sempre a chover, sempre a chover, não foi fácil. Mas está feito e agora toca a ir arrumando tudo.

 

 

 

 

 

 

 

publicado por era1xeu às 18:53

link do post | comentar | ver comentários (28) | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Janeiro de 2009

Desafio

Bem, eu adoro receber miminhos ou ser deafiada, mas depois a maior parte das vezes nem ponho no meu blog nem respondo ao desafio. Peço desculpa a todas as meninas a quem não respondi como devia, mas agora vou tentar portar-me bem.

 

Por isso vou responder a um desfio que me fizeram a Nadia, mamã da Beatriz , a Mamie em blog, mamã do G. e da AN e a Sandra, mãe do João.

 

1. Escrever uma lista com 8 coisas que sonho fazer ou com as quais sonhe
2. Convidar 8 bloguistas a responder ao mesmo
3. Comentar no blog de quem partiu o desafio
4. Comentar no blog de quem desafiamos
5. Publicar as regras

 

Bem, assim de repende, vamos ver que 8 desejos eu tenho: 

1. Quero que o meu filho cresce bem e saudável, que seja uma pessoa bem fomada e util para a sociedade;

 

2. Quero ter mais filhos, quero ter uma casa cheio de risos e correrias de crianças;

 

3. Quero ter saude, a doença assuta-me muito, pois lidei de perto com ela vezes de mais e sei que desde que se tenha saude, o resto tudo se consegue;

 

4. Quero viajar mais vezes, conhecer o mundo inteiro e poder levar comigo as pessoas de quem gosto;

 

5. Quero vender a minha casa onde moro agora rapidamente, pois o dinheiro da venda dela faz-me falta para acabar a nova;
 

6. Quero que me saia algum dinheiro no Euromilhões, não precisa de ser um prémio muito grande, porque depois nem sabia que fazer com o dinheiro  só assim um bocadinho para ter uma vida mais descansada;

 

7. Quero estar bem profissionalmente, gosto do que faço neste momento e das pessoas com quem trabalho, por isso quero que esta situação se mantenha por muito e longos anos;

 

8. Quero continuar a ter muitos amigos e amigas (reais ou virtuais) pois a vida sem amigos não vale mesmo a pena;

 

OK, OK, não sou muito original nem estava muito inspirada, mas foi o que me saiu na hora.

 

E agora a parte mais complicada, os Blogs que eu vou desafiar (é dificil, quase toda a gente já foi desafiada):

 

Sandra, mamã do Guilherme

Ana Paula, mamã do Kiko e do Bubu

Ana, mamã do Marco e do Julio

Maggie, quase mamã do Afonso João

Filipa, mamã do Miguel

Paula, mamã do João

Sandra, mamã do Dinis

Tété, mamã do Xavier

 

Peço desculpa de alguma de vós já foi desafiada mas por vezes é dificil lembrar-me de todas as pessoas que já o foram.

 

 

 

E aproveito para por aqui um prémio que recebi à mmmuuuiiiittttoooooo tempo e que ainda não tinha clocado aqui, que me foi dado pela mamã Peixinha (Inha, mamã da laura) e que eu adorei, por ser personalizado.

 

Beijocas e façam o favor de serem felizes

 

 

 

tags:
publicado por era1xeu às 23:59

link do post | comentar | ver comentários (18) | favorito
|
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

A esperança que morre todos os meses

Gostava que assim não fosse. Mas é. Gostava de conseguir não pensar no assunto, mas é impossivel.

 

Todos os meses tenho sempre esperança que tenha conseguido trabalhar na altura certa, para dar um mano ou uma mana ao Dinis. Mas o maldito acaba sempre por aparecer e a esperança morre ainda quase antes de ter começado. Porque ele anuncia-se sempre uns dias antes, com mau humor, dores de cabeça, barriga e costas e ainda por vezes emjoos e tonturas. Estou numa fase dessas. Em que tudo me irrita, até o facto de as pessoas respirarem junto de mim. Estou sem paciência para o meu filho, que graças a Deus está numa fase boa (até á próxima doença, de vez em quando tenho uns dias de descanso...) com energia para dar e vendar, em que o simples facto de lhe tentar vestir uma roupa depois do banho é motivo para saltos, pulos, alegria e meia hora de muita, muita paciência.

 

Antes do Natal soube que a amiga de uma prima minha, que eu conheço muito bem, estava gravida. Ela teve muitas dificuldades para engravidar a 1ª vez e agora tem um menino de 5 anos, que nasceu devido a tratamentos de infertilidade. Tal como eu, tentou ter o 2º e fez tratamento que sempre tiveram resultado negativo. Desistiu pura e simplesmente de tentar, não por falta de dinheiro, pois felizmente tem, mas porque estavam cansados de ter esperança e de não conseguirem.

 

Fiquei super feliz por eles. Mas agora imaginem o que é toda a gente a dizer-me "vais ver que a seguir és tu" "basta deixares de pensar no assunto e é logo!".

 

Quem tem problemas de infertilidade sabe que estas coisas são as ultimas que queremos ouvir, nada disto nos anima ou nos deixa mais felizes, pelo contrário, temos vontade de gritar que era bom que fosse mas não queremos ouvir estas coisas!

 

E por favor, outra coisa que não quero ouvir é que tenho o meu filho e que devia agarrar-me a isso... Eu sei, o meu filho é a melhor coisa que tenho no mundo e faz-me sentir super feliz por ele existir e cada vez mais convencida que ele foi mesmo um milagre.

 

Mas quem tem mais do que um filho sabe que um não tira o lugar ao outro e lá por ter um não qur dizer que não queira ter outro ou ainda mais outro... E não é por isso que deixei de pensar no assunto ou se tormou mais fácil pensar que continuo a não conseguir engravidar quando queria!

 

E hoje nasceu mais um bebé na familia, ainda bem que não são todos como eu....

 

Desculpem o tom cinzento deste post mas há dias assim e o meu blog tambérm serve para contar coisas menos boas. E para animar (a mim, claro) deixo uma foto do fofinho mais lindo do mundo  , que tirou esta foto especialmente para o seu convite da sua festa de aniversário.

 

 

publicado por era1xeu às 12:27

link do post | comentar | ver comentários (39) | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Janeiro de 2009

JD e a escola

Hoje fui falar com a educadora da escola do Dinis. Isto porque eu tinha pedido para falar com ele, face ao boletim de avaliação que tinhamos recebido no final do 1º trimestre.

 

A nivel das capacidades, teve tudo excelente, mas a nivel das actitudes teve tudo médio... Confesso que fiquei triste e preocupada. Eu sei que o meu filho não é uma criança fácil. É meiguinho, doce e simpático mas quando quer e lhe apetece. Tem um feitio complicado em que quer sempre fazer tudo ao jeito e maneira dele. Faz birras e pode vezes amua quando é contrariado. Mas ter médio em todas as atitudes, como é o caso dos parâmetros:

- participa activamente nas actividades programadas;

- aceita e respeita as normas de convivência estipuladas;

- normalmente, relaciona-se e brinca com os colegas;

- tira o máximo partido dos contos, dos poemas, das canções, das danças e do canto na sala de aulas;

deixou-me um pouco preocupada. Por isso lá fui eu, apesar de eu tencionar fazer isto sempre que acabasse um trimestre.

 

A educadora disse tudo o que eu já sabia, pois tem mesmo a ver com o maneira de ser dele. Que o que tinha posto não implicava que ele nunca fizesse o que lá estava descrito, pois se assim fosse, teria ainda uma nota pior. Mas que ele era uma criança de feitio dificil, pois colaborava quando gostava das actividades que lhe eram propostas, que quando não gostava não fazia e oponto final, nada o demovia de não as fazer.

 

Que a hora das refeições é complicada, porque ele come muito bem a sopa sozinho mas depois o 2º prato tem de ser a insistir com ele, mas se lhe derem à boca, come tudo e mais alguma coisa (lá em casa as horas das refeições também são dificeis, porque ele deve achar um desperdicio de tempo estar ali só a comer, sem fazer mais nada...).

 

Que tem dias que está menos bem disposto em que não conseguem fazer nada dele, não quer brincar, não quer fazer actividades, nada, nada.

 

Que prefere estar junto dos adultos a brincar com as crianças da sua idade (se não estiver nenhum adulto mais por perto, ele brinca, mas se estiver, prefere estar com os mais velhos).

 

Enfim, como disse, tudo coisas que eu já sabia e que fazem parte da sua personalidade e que não me parecem assim muito graves.Este é o meu filho, mesmo assim. Mas muito meigo e mimoso, adora demonstrar que gosta das pessoas, com beijos, mimos e por palavras também.

 

Por isso vamos ver a evolução dele mas quer-me cá parecer que na próxima avaliação, daqui a 3 meses, as coisas vão melhorar. Porque eu me interessei. Porque eu falei. E porque vou ter uma conversa com ele sobre a sua atitude na escola.

 

Porque eu já sabia das refeiçõe e conversei com ele. E parece que a situação melhorou esta semana. Não quer dizer que fique bem para sempre. Mas alguma coisa lá fica dentro da sua cabeça. E a pouco e pouco, acredito que ele vai compreender que viver em sociedade também é ceder, é não termos razão sempre, é darmos o braço a torcer.

 

Falou também o facto de ele já saber ler e escrever. Ontem não só escrveru o nome dele nos desenhos que fez mas também o nome de todos os colegas, noe desenhos que eles faziam... Também ontem à noite pegou num livro e leu a contra-capa, onde estava a descrição da história, com 6 frases, de uma duzia de palavras cada.

 

Que isso é muito evoluido para ele, que quando chegar à 1ª classe temos de analisar a situação, por forma a que ele não perca o interesse na escola. Que eventualmente até poderá saltar um ano, no caso de também evoluir em relação aos números como evoluir em relação à letras. O futuro o dirá, mas ele teve uma evolução muito rapida, desde Setembro, em relação ao ler e ao escrever.

 

Dizem para não o incentivar. Eu não incentivo, mas não posso tapar-lhe os olhos para que não veja as letras que nos rodeiam a toda a hora.

 

Sai de lá um pouco mais descansada e aguardam-se os desenvolvimentos sobre a atitude dele na escolinha.

 

Aqui fica uma foto dele, com a coroa que fez na escola, no Dia de Reis.

 

 

Beijocas e um bom fim de semana

 

 

 

 

 

tags: ,
publicado por era1xeu às 18:19

link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Janeiro de 2009

De volta à rotina habitual

E foi isso que aconteceu ontem. Eu e o meu marido voltamos ao emprego e o JD voltou à escolinha. Depois de tantos dias em casa, quer por doença do Dinis, quer por feriados e pontes do natal e do Ano Novo, sem duvida que não é fácil voltar. Mas é bom sinal, quer dizer que temos saude e emprego.

 

De resto tudo tem decorrido nomalmente. No dia em que o Dinis fez 47 meses ganhou um corte de cabelo e um jantar fora, coisas que ele adora. E ficou assim com este ar fofinho (digo eu..)

 

 

De resto a vida continua igual à do ano passado, com muita energa da parte do meu filhote (Graças a Deus, é sinal de que está bem de saude...) e mil e uma perguntas sobre tudo e mais alguma coisa.

 

- Mãe, onde está o xi-xi antes de ir para a pilinha?

- Mãe, para onde vai a comida que eu como?

- Mãe, de onde vem a cera dos ouvidos?

 

- Mãe, como é que os bebés vão para a barriga das mamãs????

- O papá põe uma sementinha na barriga da mãe e depois fica lá um bebé que vai crescendo, crescendo e depois sai cá para fora ao fim de 9 meses (o tempo que esteve na barriga da mãe, ele já sabia...)

- E mãe, como é que o papá põs a sementinha na tua barriga??????

- Pois..... se calhar é melhor perguntares ao papá.... (e tento mudar de assunto)

 

Bem, se calhar devia ter explicado mais qualquer coisa. Ele até tem um livro (que era meu)em que fala desta hitória da sementinha, mas acho que ele não vai na conversa. Só que eu acho que ele ainda é muito novo para perceber as coisas como elas acontecem na realidade. O que acham? Que lhe devo contar? E como? Porque ele já voltou ao ataque, mas eu vou disfarçando... Acho que vou procurar um livro mais recente, em que se perceba  melhor como as coisas acontecem, mas nuna linguagem adequada para as crianças, que acham? Alguma sugestão de livros?

 

publicado por era1xeu às 22:03

link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|
Sábado, 3 de Janeiro de 2009

47 meses

Hoje faz 47 meses que o meu menino nasceu. E este vai sero ultimo mês em que a contagem da sua vida se faz me meses. Isto porque daqui a um mês ele faz 4 anos e apartir daqui já é oficialmente um menino e a sua idade deixa de se contar em meses.

 

O tempo não corra mas voa. Parece que foi ontem que o vi pela 1ª vez e já tenho junto de mim um menino grande. Que consegue manter uma conversar muito estruturada. Que sabe muitas palavras e que quando não sabe o seu significado, pergunta. Que já sabe escrever muitas palavras, junta letras e silabas e forma palavras, todas as palavras com 4 ou 5 letras ele sabe ler e escrever e até algumas mais dificeis já não lhe escapam...

 

O meu bebé já deixou de existir mas para mim ele vai ser sempre, sempre o meu bebe, mesmo quando tiver 18 anos. E por agora procuro aproveitar ao máximo quando ele chama por mim e pede um colinho ou um miminho. Porque sei que esse tempo tem os dias contados. Faz parte do crescimento e é saudável, mas deixa saudades, isso deixa.

 

Amo-te meu filho e o que te desejo é que tenhas muita saude (pois foi algo que andou um bocadinho arredado na nossa vida) e que continues a crescer bem e feliz, junto dos teus pais, amigos e familiares que te adoram.

 

(aqui está ele com o Filo, uma das prendas de Natal muito desejadas)

 

A nossa passagem de ano foi muito caseia e sossegada, eramos só nós os 3 e os meus sogros. Tinha muito planos se esta se concretizasse na casa nova, mas assim com a casa onde estamos agora cheia de caixas, caixotes e sacos com tralha para a mudança, não era possivel fazer grande coisa, por isso os planos ficaram adiados para o final deste ano. Além disso o dinheiro está curto e não dava para irmos para grandes sitios, isto é o que dá quando não se consegue vender a casa onde estamos e necessitavamos do dinheiro desta para acabar a nova... Este mês de Janeiro vai ser bem complicado, com todos os cêntimos gastos a fazerem falta, mas nós vamos conseguir ultrapassar esta fase complicada, sei que vamos sim!

 

(na brincadeira com a Moon Send e acreditem que eu também gosto de brincar com ela...)

 

A escola dele só esteve aberta na 2ª e na 3ª feira. Na 4ª feira ele foi para casa de uma tia minha que tem uma neta de 10 anos e de quem o Dinis gosta bastante. Ficou lá o dia todo e divertiu-se muito. Eu é que fiquei um pouco em baixo, pois a minha tia trata-nos como a minha mãe nos costumava tratar, com carinho e cuidados, sem ser muito chata (como os meus sogros são por vezes) e deixou-me uma saudade muito, muito grande dentro do meu peito, pela minha mãe já não estar junto de nós.

 

Estas épocas festivas nem sempre são as mais aalegres para quem perdeu alguém que ama. Pelo contrário, é uma altura em que a falta que elas nos fazem se sente ainda mais e com mais força, pela sus presença que era habitual e já não existe. Só mesmo o meu filhote, para me animar.

 

(a jogar ao Meu 1º Monopólio, no que eu também participo e recomendo este jogo, para crianças com idades a partir da do meu menino)

 

Ontem 6ª feira tirei um dia de férias e fiquei em casa com o meu menino. Infelizmente o tempo de chuva que se tem feito sentir não nos deixou sair mas brincamos muito com os brinquedos novos do meu filhote e também com alguns antigos, pelo que nos soube mesmo muito bem este dia a 2!

 

(com o seu castelo-mala da Playmobile, mais uma prenda muito pedida e conseguida, acho as coisas desta marca bem giras)

 

E mais uma vez desejo que este ano de 2009 seja francamente melhor que o anterior, principalmente a nivel de saude, pois o resto acaba sempre por ir aparecendo se esta existir.

 

(carimbos que uma amiga minha lhe ofereceu, ainda não tinha nenhuns e são muito giros mas o pior de tudo é que sujam muito, por causa da almofada dos carimbos, mas enfim, o sabão lava tudo....) 

 

 

 

 

tags:
publicado por era1xeu às 00:50

link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
|

.Nome baby

Wizard Animation

.A minha familia

Pyzam Family Sticker Toy
Get your own Family Sticker Maker & MySpace Layouts.

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis