.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.Prémio que ganhei

.Contador

visitas

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds

.My Baby

Lilypie 5th Birthday Ticker

.Adopção

Lilypie Waiting to adopt Ticker
Quarta-feira, 28 de Fevereiro de 2007

Prémios e tosse

Hoje fiquei de novo em casa com o JD. Pouco temos dormido nas ultimas 2 noites, pois ele tem-as passado todas a tossir ou então muito inquieto a virar-se de um lado para o outro. Esta noite teve febre e já está ele a tomar medicamentos. Não queria nada que tomasse antibiótico de novo, pois ainda o fez à menos de 1 mês, vamos esperar para ver. Nunca posso dizer que ele está bem, pois uns dias depois, pumba, lá fica doente de novo. A minha sogra diz que o pai ele era a mesma coisa, sempre doente.... Bolas, não podia herdar do pai coisas boas, como por exemplo umas pernas bem feitinhas.....  No meu emprego não veêm com muito bons olhos faltar tantas vezes, até porque neste momento estou à frente de um projecto muito engraçado mas que necessita de tempo e dedicação. E é isso que faço quando estou a trabalhar e mesmo hoje ficando em casa fiz algumas coisas através da net, mas sei como é, quando chega a hora das promoções, as mães de filhos pequenos ficam sempre para trás. Quando eu estava grávida dele houve uma hipotese de eu ser chefe mas como tinha a barriga grande e ia ficar em casa uns meses, o meu nome nem sequer chegou a ser falado. Posso dizer-vos que troco todo o dinheiro e promoções do mundo só para ter o meu filho junto de mim mas é um bocadinho frustrante nós dedicarmo-nos a algo e depois vermos outros idiotas passarem-nos à frente por serem homens e nunca irem ficar grávidos, alguma vez sentiram isso?

 

Mas falemos de coisas bem melhores. Não sei se sabem que houve um concurso de fotos no site da Nestlé e eu lá mandei fotos do meu menino. Claro que já sabia que ele não ia ganhar até porque as fotos eram aos milhares e os juris acham sempre que há bebés mais giros que o meu ( o que é uma grande mentira o meu é o mais lindo de todos!!!! - isto sou eu a dizer e todas as outras mamãs e papás que para lá mandam fotos...) mas havia uns prémios diários para as 1ªas fotos a serem enviadas e esse tinha de ser mesmo. Lá me sentei pacientemente em frente ao computador, por volta da meia-noite, durante alguns dias, até o meu esforço ter sido recompensado e ontem fui buscar o prémio que era isto

Podem dizer que não é nada de especial mas eu acho que ele é giro e gosto de mandar fotos principalmente para sitios onde se ganha só por participar, assim o prémio está certo. Já mandei fotos para algumas revistas, umas publicaram outras não e ganhei 25,00 € em farinhas da Milupa, logo eu que tenho um filho que nem gosta muito de farinhas... Mas todas as pessoas da minha familia, amigas e vizinhas com bebés pequenos ficaram a ganhar com o tal prémio.

O JD gostou, nem me queria deixar tirar a foto, queria era brincar com as coisinhas dele

e isso é que é importante, que ele goste. sei que outras mamãs concorreram e também tiveram este tipo de prémio, já o receberam?

 

Beijocas e resto de boa semana

publicado por era1xeu às 17:30

link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
|
Domingo, 25 de Fevereiro de 2007

A minha consulta

Na 5ª feira passada fui a uma consulta com a Drª Mª José Carvalho na Clinica Cemeare, que fica em Entrecampos. Considero que ela é uma espécie de mãe do meu filho, pois foi ela que o "criou" e sempre me deu alento para continua, mesmo depois de alguns resultados menos positivos nos tratamentos que fiz para ter o meu filho. Foram 8 anos de tentativas, frustrações, tristeza mas também sempre de muita esperança de que o meu dia de ser mãe iria chegar brevemente.

Como quero dar um mano ou uma mana ao meu filho, gostaria de saber a opinião da minha médica acerca de mim, da minha idade, dos resultados dos tratamentos anteriores, etc. Depois de me examinar e de ver as análises que fiz o ano passado (não tinha lá ido mostra-las ainda mas tinha visto que os valores estão dentro dos parâmetros ditos normais) ela achou que estava tudo óptimo e em condições excelentes para fazer novo tratamentos e seria a altura ideal, pois estou com 37 anos e não posso esperar muito mais. Vou fazer mais algumas análises e exames, bem como o meu marido, que já não faz exames desde que fiquei grávida, em 2004. Quando tiver tudo, volto a marcar consulta e se estiver tudo bem, já vou sair dessa consulta com protocolo na mão e datas de inicio de tratamento definidas.

Vamos ver como corre. Sei que vai ser difícil, tou mais velhota e cansada  :)  mas tenho de tentar de novo e acreditar que posso ser de novo abençoada com um milagre, sim que ter um filho é um milagre maravilhoso e eu sempre senti que nasci para ser mãe. Aqui à uns tempos atrás enviaram-me um mail que era para enviar a pessoas que me conheciam, para elas me descreverem apenas com uma palavra. E a palavra que reuniu maior numero de votos foi "maternal", mesmo quando não era ainda mãe, era assim que as pessoas me viam, como maternal. Achei engraçado mas tenho de concordar que tenho uma paixão muito grande por crianças e claro qu pelo meu filho ainda mais, pois foi um filho muito desejado e ele é o melhor filho do Mundo e tem tudo o que eu poderia pedir. Por isso lá para Abril/Maio se calhar vou fazer novo ttt, vamos ver como correm os exames. Tenho medo, muito medo de que as coisas não corram bem, nada nos dá garantias e o meu organismo já está mais cansado, mas tinha de tentar de novo, para não ficar o resto da vida a pensar no podera ter feito e não fiz. Mas de qualquer maneira, se não resultar, ainda tenho o meu milagre lindo, que é a luz da minha vida e me faz ver como o sol briha, mesmo quando as nuvens o escondem um pouco.

 

Obrigada por estarem ai desse lado para me ouvirem.....

publicado por era1xeu às 17:48

link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Fevereiro de 2007

O Carnaval já acabou...

Mas para nós ficam sempre as fotos dos nossos fofinhos mascarados.....  Esta é uma foto do meu menino no ano passado, em que se mascarou de tigre

 Digam lá se não estava lindo?????

 

Este ano já é mais crescido e comprei-lhe uma fantasia de gnomo verde. Deu para levar para a escolinha na 6ª feira, apesar de não terem saido para lado nenhum por causa da chuva. No sábado fomos passear para o jardim e lá andava ele todo orgulhoso da sua roupinha verde.

Mas um fatinho de Carnaval não dura muito no corpo de um irrequieto e no domingo foi mascarado de Noddy (pois, era de novo o fato da moda, eram Noddy's aos pontapés....) que o primo lhe emprestou e olhem que não lhe ficava nada mal!

E eu que pensava que ele ia querer tirar logo os chapéus, até nem portou nada mal. Foi pena o tempo não ter estado nada de jeito para andar a passear com os meninos e as suas fantasias, mas mesmo com o frio e a chuva, lá demos umas voltinhas.

 

Espero que tenhma gostado das fotos e agora que venha a Páscoa!!!!!

publicado por era1xeu às 16:38

link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007

Dia dos namorados

Hoje é dia dos namorados e apesar de já estarmos casados vai fazer 11 anos dia 22 de Junho, ainda me considero a namorada do meu marido. No dia em que deixar de me sentir como tal, certamente algo de muito errado existirá na nossa relação.

 

Mas ser esposa é diferente de ser namorada e com um piolho pequeno ainda mais complicado. Por isso tinhamos pensado não oferecer nada um ao outro neste dia, que afinal acaba por ter uma vertente muito consumista, até porque temos tido muitas despesas nos ultimos tempos e poupar é preciso!

 

Mas quando fui buscar o meu marido a um curso que ele está a frequentar todas as 4ªs feiras à tarde, eis que ele me surpreendeu com esta prenda:

Tinha para me oferecer este lindo relógio da Swatch!!!!! E eu que adoro relógios....

Fiquei tão sem jeito, eu não tinha comprado nada para lhe oferecer, a não ser o nosso filhote, que passou a ser a prenda principal que partilhamos em todas as datas especiais. Fomos dar o jantar ao JD e o banhinho do costume e fomos jantar fora mas eu sempre que a sensação que não mereço o marido fabuloso que tenho, que tem estado sempre ao meu lado, desde que começamos a namorar, fez 12 anos em Novembro passado.

 

Por isso aqui te deixo estas simples palavras, para te dizer que te adoro, que és a minha cara metade, que ao fim de todos estes anos de casamento me sinto apaixonada por ti, mais ainda do da 1ª vez em que te vi e que quero ser a tua namorada pelo menos durante mais uns 1.000 anos, mais coisa, menos coisa....

 

AMO-TE, meu querido!!!!!

publicado por era1xeu às 23:52

link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Fevereiro de 2007

Teatrinho

Felizmente o JD já está melhor, não está a 100% pois ainda tem tosse e tem o pingo a cair do nariz, mas já foi à escolinha hoje. Claro que foi um berreiro enorme para lá ficar, estava habituado à boa vida, ou seja, estar em casa com a mamã ou com o papá, coitado, devia pensar que ia ser sempre assim.  Agora é esperar até à proxima doença, pois com o tempo que está, é mesmo com isso que tenho de contar.

 

No sábado lá fomos nós ao Centro Olga Cadaval, em Sintra, ver as Musicas da Carochinha. O JD assim que lá entrou ficou fascinado com as luzes e o espaço. Estava já muito cheio pois nós fomos em cima da hora para ele não se cansar muito. O 1º quarto de hora de espetáculo foi de muita atenção a tudo o que o rodeava. Depois começou a prestar menos atenção, até porque era uma peça de teatro em que entravam as personagens das Musicas da Carochinha (o Mestre André, o Manuel que tinha uma bola, a Carolina da saia com um lagarto pintado,  a Marianita com os seus olhos cor de limão, a Rosa que arrendondava a saia e o Barnabé que partiu um pé...). Ele gostava mesmo era quando cantavam as musicas, batia muitas palmas e cantava também, sim, que ele conhece-as todas muito bem. Já a pensar nisso pedi lugares junto ao corredor de entrada, por isso ele lá se sentou nos degraus, com outra menina por companhia. Mas acho que se portou bem e que gostou. Sim que haviam lá muitos meninos que choravam e gritavam, ele só se chateava quando eu não o deixava correr para o palco, só por isso, como tal agora estou a pensar ir a este:

 

MEMÉ MESMO AQUI AO PÉ | Dança para Bebés -Pela Companhia Rui Lopes Graça
 
Crianças
 
18 de Fevereiro e 1 de Julho - 15h00 & 16h30
 
C. C. Olga Cadaval - Palco do Auditório Jorge Sampaio
 
 
 
 

A criança em idade pré-escolar revela características de aprendizagem e de relação com o mundo que lhe são muito específicas e concretas: cria leituras e interpretações que marcam o comportamento e a experiência futura.
A dança está intrinsecamente ligada à forma de comunicar e sentir o mundo.
Transportar as crianças ao tempo em que os animais falavam e dançavam, tornando-as participantes numa pequena viagem rural é o propósito deste espectáculo, em que se pretende despertar o imaginário dos mais novos.
Para casa a criança leva uma história, um movimento e um desejo - juntando à sua linguagem verbal, uma linguagem "dançada".

Indicado para crianças dos 3 aos 5 anos
Duração: aproximadamente 35 minutos
Preço: 10 Euros - 1 Adulto + 1 Bebé
5 Euros – Adulto
Que vos parece? E até era giro fazemos assim uma espécie de escursão com mamãs e bebés que venham ao meu blog ou que frequentem os forus por onde andam, que vos parece da ideia? Mas estou a pensar ir em Julho, porque este mês tenho tido muitas despesas e não há carteira que aguente... Fico a espera do vosso feedback da ideia.


publicado por era1xeu às 23:25

link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007

Pós festa....

Vocês sabiam que houve um furacão no sábado? Pois houve e passou pela minha casa!!!!! Imaginem 40 pessoas, 12 das quais crianças, numa casa que, apesar de grande, nesse dia parecia pequena. O JD estava super-entusiasmado e só queria andar atrás dos outros meninos, para brincar com eles. Recebeu muitas prendas, entre as quais livros, jogos (adorou os Legos que a madrinha lhe deu, pois está na fase das construções...) um relógio (prenda dos papás) e muita roupinha, que dá imenso jeito à mamã. Depois de muita correria e brincadeira lá veio a hora de partir o bolo e ai é que foi giro. Coloquei-o numa mesa ao nível dele, para poder soprar as velas, e ele começou logo a meter o dedo no bolo e a lamber. E não fosse tão depressa cantar os parabéns, acho que não sobrava bolo nenhum para comer, pelo menos com ar decente, porque estava já a ficar todo depenado. Os meninos mais pequenos queriam também meter o dedo no bolo, mas as mães não deixavam e vai dai ele continuou a meter o dedo no bolo mas dava a lamber aos outros meninos, estão a ver a porcaria que era, não estão????

 

Mas felizmente correu tudo bem, acho que as pessoas gostaram, apesar de algumas dizerem que eu tinha um ar triste. Pois eu tentei não pensar muito no assunto, mas faltava-me algo, algo que não posso ter de volta, algo que irá faltar para o resto da minha vida. Não há nada a fazer, apenas seguir em frente e pensar nas boas recordações que a minha querida mãe me deixou.

 

O pior foi depois. No domingo foi dia de limpar e arrumar e o JD não estava com um ar lá muito animado. Muita tosse e o olho esquerdo um pouco inchado. Andava sempre atrás dele a tentar ver se tinha febre, mas depois ficou tão bem disposto que achei que tinha sido apenas algo cansaço da festa do dia anterior. A noite foi muito agitada e de manhã estava cheio de febre. Lá falei com o pediatra mas apenas tinha consulta pelas 18h 30m pois há muitos meninos doentes e tinha o consultório cheio. Dei-lhe analgésico e ele melhorou um pouco e até deu para dar uma saltinho ao infantário, porque nós tínhamos trazido um bolinho para ele partilhar com os colegas. Cantaram-lhe os parabéns mais uma vez e era ver aqueles tiquinhos de gente a devorar o bolo  e a pedir colinho e miminho. Realmente as crianças são o melhor que o Mundo tem. Eu adoro o meu filho mas sinto um fascínio muito grande por todas as crianças, seres tão frágeis e tão dependentes de nós, mas ao mesmo tempo tão cheias de poder, pois a nossa vida gira em função delas... Mas continuemos. O JD estava tão molinho que nem comeu bolo de anos, estivemos um bocadinho com os amiguinhos dele e viemos embora. A consulta foi só às 19h 30m e ele já tinha dormido um bocadinho, porque a noite tinha sido complicada. O veredicto do médico foi: ouvidos inflamados, principalmente o esquerdo, garganta inflamada, brônquios cheios de expectoração e claro, o que despoletou isto tudo, o ultimo canino a romper... Cada dente que nasce, cada doença que ele tem, sempre que fica doente acabo por descobrir que tem a ver com mais um dente que está a nascer. Felizmente já só faltam os 4 molares e os dentes de leite ficam despachados! E pronto, lá está em casa, a tomar antibiótico, analgésico, anti-inflamatório, xarope, etc. Ando sempre com uma colher atrás dele, para lhe dar qualquer coisa. O que vale é que medicamentos para as crianças até sabem bem! Acabou por servir de consulta dos 2 anos em que fiquei a saber que no desenvolvimento estava tudo bem, ou seja:

  • peso: 13 cm (percentil 50)
  • altura: 90 cm (entre percentil 90 e 75)
  • perímetro cefálico: 52 cm (já rebentou com todas as curvas possíveis e imaginárias, é mesmo um cabeçudo...)

Ao menos isso, que esteja tudo bem. Eu sei que estas coisas tem de acontecer, são crianças pequenas e frágeis e a entrada para a creche vem ajudar também, mas quando eles estão doente, apesar de sabermos que é algo passageiro, ficamos com o coração nas mãos.

 

E pronto, agora ficam aqui as fotos possíveis da festa de anos, até porque quando são os nossos filhotes que fazem anos, nós estamos tão ocupadas que mal temos tempo para tirar fotos, espero que alguma das minhas amigas que levou máquina, se lembre de mim!!!!

 

Jd e o seu cartaz do Noddy, pois apesar de o tema ter sido o Ursinho Pooh, o Noddy teve de passar por lá. Já viram os ténis lindos dele, da Bennetton, que lhe ofereceram???? E o escorrega dele, lá atrás? Foi uma prenda do ano passado e ele adora-o!

Ora cá está o bolinho (e a mão dele, não se conseguia tirar fotos sem que ela por lá ficasse!)

E cá está ele, na árdua tarefe de destruir o bolo (já está todo sujo mas ainda foi pior...)

Este foi o relógio que os papás lhe deram, não é lindo?

E aqui está ele a brincar com os Legos que os padrinhos lhe deram, uma das prendas favoritas.

Quero agradecer a todas as minhas amigas que me mandaram mensagens, por se terem lembrado do aniversário do meu menino lindo, obrigada a todas e que no próximo ano continuem presentes na minha vida para me darem os parabéns de novo.

 

publicado por era1xeu às 16:44

link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Fevereiro de 2007

Há 2 anos atrás.....

Há 2 anos atrás, lá fui eu bem cedinho para a MAC , já com a minha grande barriguinha (só tinha barriga mesmo, aumentei 8/9 kgs ...) para fazer o CTG e a respectiva consulta de rotina semanal. Já estava de 40 semanas e 2 dias e o JD não dava sinais de querer nascer.

(a foto não é grande coisa mas foi tirada na véspera do dia em que ele nasceu, quem diria que ali dentro estava um bebé grandalhão?????)

Ele sempre foi muito mexido, dava muitos pontapés e socos na mamãs, mas durante o CTG teimou em não se mexer e nem um docinho que a mamã comeu o fez mudar de ideias. Assim que desligaram a máquina, lá começo ele de novo a mexer, por isso não me preocupei. Mas o médico que me viu teve outra opinião e fez-me uma ecografia na qual viu logo que ele era um grande rapagão, já com uns 3,600 kg mas aparentemente estava tudo bem. Mandou-me ir para casa, almoçar mas não muito (também tinha o estômago enrolado desde a noite anterior, que passei a chazinho e em passeio acordada, mas sei que a minha mãe me fez uma das minhas comidas favoritas, salsichas com couve lombarda...) e voltar de tarde para ir ás Urgências e repetir o CTG . Assim fiz e claro que já não me deixaram sair de lá. Fizeram o toque e como o tempo tinha terminado, fiquei internada, por volta das 17 horas. Fui para a sala de dilatação e colocaram algo no soro que iniciou a dilatação que ainda não tinha começado. Foi rápida, apesar de toda a gente pensar que não e por volta das 20 horas fui para a sala de partos. O meu marido tinha ido jantar, porque lhe disseram que ainda faltava muito e quando ele ligo para a maternidade, disseram-lhe para vir rápido senão não o via nascer!!!! Perguntaram se eu queria epidural ao que respondi sim, pois as dores já apertavam e lá apareceu a bem dita da anestesista, um amor, por sinal. Ficou tudo mais calmo e a cabeça já se via a aparecer. Mas ele não descia e os médicos diziam que era eu que não fazia força quando devia. O efeito da epidural passou e levei outra. Os médicos continuavam a dizer que eu não fazia força no momento certo, como tal quiseram que passasse o efeito da epidural para eu sentir as dores, e ai é que foi o pior... Num segundo não tinha dores e no outro era um pico de dor que nem vos conto. Qual força, qual carapuça, doía tanto que eu nem sabia como havia de estar. Depois de muito sofrer os médicos lá resolveram ser se calhar era melhor fazer cesariana, mas as salas estavam todas ocupadas. Ficou decidido que iam tentar com ventosas e cortar um pouco, pois ele não saia por nada. Lá veio a anestesista de novo e lá saiu o meu marido. A sala era pequena para tanta gente, pois como só eu ainda não estava despachada, todos os médicos, enfermeiros e também os 5 estagiários que por lá andavam, estavam de volta de mim.... Foi só fazer um corte, um pouco de força e lá nasceu o meu menino querido, cabeçudo e grandalhão (pesava 3,800 kgs e media 53,5 cm) por volta das 00h 50m do dia 3 de Fevereiro.... Nasceu cheio de fome e só se calou quando lhe deram um belo de um biberão de leite. Fiquei na maca, no corredor, à espera dele e perguntava a toda gente quando é que mo punham ao pé de mim, ao que me respondiam que em breve. E por fim, ao fim de 2 longas horas, lá veio ele para o pé da mamã, muito embrulhadinho para não ter frio. A simpática da enfermeira ou auxiliar ou lá o que era disse: “Veja lá não o deixe cair ao chão!” um doce não acham? Fomos para o quarto e quando o meteram ao pé de mim ele abriu os olhos e procurou logo a maminha da mãe para papar. Dormiu a noite toda e eu não preguei olho com medo de que tudo aquilo fosse um sonho e se eu adormecesse tudo deixasse de ser verdade.

 

Por isso este dia foi o mais feliz da minha vida. Aquele em que soube o que significa em 1ª mão ser mãe. Aquele em que soube o que era amor incondicional. Aquele em tornei realidade um sonho que sempre tive na minha vida e que tardava em ser real. Aquele em que a minha vida mudou... Mas par bem melhor. Aquele em que passei a viver em função de um ser frágil e desprotegido mas que passou a ter um enorme poder sobre mim. Amo-te meu filho, e não consigo sequer conceber a minha vida sem a tua presença.

publicado por era1xeu às 15:28

link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|

.Nome baby

Wizard Animation

.A minha familia

Pyzam Family Sticker Toy
Get your own Family Sticker Maker & MySpace Layouts.

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis