.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis

.arquivos

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

.tags

. todas as tags

.Prémio que ganhei

.Contador

visitas

.Relógio

blogs SAPO

.subscrever feeds

.My Baby

Lilypie 5th Birthday Ticker

.Adopção

Lilypie Waiting to adopt Ticker
Segunda-feira, 30 de Julho de 2007

E o resultado final foi....

.... negativo! Como eu já esperava e quase adivinhava. Hoje de manhã, quando fui à casa de banho, o papel higiénico não enganava ninguém. Nunca pensei que fosse tão cedo, a sério, os sintomas estavam todos lá, as dores de cabeça e de barriga, o mau feitio (ainda mais do que o habitual...)  que eu teimava em ignorar. Fiquei parva e a pensar: "Já???". Nem deu para ter esperança, foi tiro e queda. Ao menos poupei no dinheiro da beta, sempre são para ai uns 30 euros, dá para comprar qualquer coisa nos saldos.


Mas não queria deixar de vir aqui contar-vos tudo e agradecer o vosso apoio incondicional, se vocês soubesse o quanto me ajudou.... Infelizmente não é suficiente mudar o final da história. Nada é suficiente. Qual bom presságio de ter feito a transferência no dia do aniversário da minha mãe, mais valia ter ido ao cemitério mesmo. Qual ela estar lá em cima a torcer por mim... E isso serve para quê???? Para nada, para mesmo nada! Desculpem estar azeda mas cada vez me convenço mais que nós morremos e acaba tudo. Bem queremos prender-nos a algo e quando precisamos de ajuda, pensamos que aqueles que amámos e que já partiram, podem fazer algo por nós. Ou que os pensamentos positivos podem fazer alguma coisa. Qual quê, nada serve para nada e tudo é uma questão de sorte, ou de alguém superior a nós que é extremamente sádico e gosta de nos ver sofrer. E atira uma moeda ao ar para ver qual é hoje a vitima. Só que o sorteio está viciado e sai quase sempre aos mesmos!!!!

 

Sinto-me infeliz, triste, com vontade de chorar. Sei que foi o meu ultimo tratamento deste género, pois não tenho forças para mais. Claro que irei buscar os meus 2 congeladitos, não os vou deixar sozinhos e gelados. Mas isso só lá para o ano, quando sentir que tenho forças para passar por esta incerteza toda de novo. E o dinheiro que gastei??? Estou a construir uma casa e 5.000 euros dava para uma bela cozinha ou uma boa quantidade de sanitas. 5.000 euros gastos para quê? Para ter uma mera semana de ilusão? Chega, tou cansada de ter esperança, de chorar, de sofrer, porquê eu, que adoro crianças, que tento tratar toda a gente correctamente, sou honesta, considero-me boa pessoa (gaba-te sesto, que vais à vindima) então porquê, porque não posso ter mais filhos???? Cheguei à conclusão que o meu filho foi mesmo um acaso, calhou, não foi porque o meu organismo finalmente começou a portar-se bem, não, foi simplesmente um dia em que fui bafejada com a tal sorte de que falei antes.. Então de que me queixo? Que quero eu mais? Mais filhos? E que nõa consegue ter nenhum mesmo?????

 

Por outro lado, sinto algum alivio, por poder pegar no meu menino ao colo, sem sentir remorços ou medo de estar a prejudicar os manos que nunca o chegaram a ser. Às vezes digo a brincar, que se todos os projectos de bebés que tive dentro de mim tivessem vingado, teria agora 16 filhos... Tenho 1, lindo, simpático, a luz da minha vida, que mais posso querer da vida? Saude para ele e para mim, para o ver crescer bem e feliz. Por isso vou viver em função desse meu amor, no fundo é já isso que eu faço, ele vem sempre primeiro, tudo o resto é secundário.

 

Haviam de o ver, quando eu lhe dizia que não lhe podia pegar ao colo, porque tinha um doi-doi na barriga. Ele dizia logo: "Vou dar-te uma pica na barriga e ficas logo boa" e lá ia ele buscar a seringa que tem na mala de médico que lhe comprei e que ele adora. Perdeu um pouco o medo do médico à custa dela e foi uma boa compra. Leva-a para todo o lado e além dos utencilios de médico também lá tem várias farramentas, como serrote e martelo. Enfim, se calhar ele tem razão, no fundo serve tudo para o mesmo.


Quando vi hoje de manhã a visita indesejada, fiz questão de ser eu a leva-lo ao colo pela escada abaixo, os 4 lanços de degraus e de o levar até à escolinha, sempre ao colinho, o colinho que lhe neguei indevidamente durante uma semana. E ele, ainda meio a dormir e cansado da praia de ontem, abriu os olhos e perguntou: "Já não tens doi-doi na barriga?" ao que eu respondi: "Não filho, já não tenho..." e como tal ganhei um abraço apertado. Agora vou ter de o compensar, até onde as minhas costas o permitirem, por esta semana de jejum de colinho da mamã. Claro que lhe dava colo sentada mas isso para ele não era suficiente, colinho que se preze tem de ser em pé. E isso eu neguei-lhe duante uma longa semana, estupidamente neguei o colo ao meu filho,  tão real e a precisar do meu carinho, por um sonho estupido e sem fundamento nenhum. Sim, que eu devia saber, pela expreiência anterior, que a sorte nunca me sai ao primeiro jogo, tenho sempre de invertir mais, de jogar mais. E para isso já não tenho forças nem dinheiro. Se fosse pelo estado, se calhar ainda pensava 2 vezes, assim nada a fazer. O dinheiro não estica e seria um perfeito disparate negar certas coisas ao meu filho e ao meu marido em busca de uma utopia.


O que me apetecia fazer agora? Ter a minha mãe comigo, para poder chorar no ombro dela, para poder decarregar a minha mágoa. Mas isso não é possivel.... Ficar muito quieta, longe de tudo e de todos, numa sala onde houvesse uma janela e eu a olhar para o mundo lá fora e à espera que o meu coração sarasse.... Mas isso não é possivel... Poder carregar num botão e  mudar os desfecho desta história toda, para vos poder estar aqui a dar boas noticias... Mas isso não é possivel.

 

Então que me resta? Seguir em frente o meu caminho, olhar para o lado sempre que vir uma grávida nos proximos tempos, para não chorar a raiva que sinto dentro de mim, por não poder ser de novo como ela, amar o meu filho e esborracha-lo de amor e carinho, dar valor às minhas amizadas, que eu sei que estão sempre lá para mim, quer sejam reais ou virtuais e saber que eles vão compreender quando eu não quizer falar no assunto.

Estou agora a escrever com toda a raiva e mágoa possivel e imaginária aqui no meu blog para ver se me sinto melhor, e a partir daqui, isto é um assunto encerrado, faz de conta que não existiu, faz de conta que tinha um cheque de 5.000 euros no bolso e que o perdi, faz de conta que as nódoas negras na barriga foram de um pontapé do Dinis, faz de conta que estou gorda e não inchada, porque como porcarias e não vou poder andar de biquini na praia por essa razão. Não vou mandra sms nem mails às pessoas que tanto apoio me deram porque acho que não sou capaz. Por favor, perdoem-me de não conseguir se tão forte como pensava, como gostava de ser, às vezes tb me vou abaixo, suponho que é normal, que é isso que é ser humana.

 
Mais uma vez vos deixo um beijo do tamanho do mundo, por estarem ai desse lado a apoiar-me, sejam amigas reais ou virtuais, esta é a parte boa de tudo isto, o vosso apoio, o vosso carinho, o vosso ombro amigo para eu me apoiar.

Doi, doi muito, mas vai passar, passa sempre, mais devagar, mais depressa, tudo depende do conceito de tempo, mas passa, tudo passa...

Para finalizar este meu post cinzento, deixo-vos um raio de sol o meu raio de sol, que ilumina a minha vida todos os dias e todas as noite (sim, é um raio de sol que também brilha de noite....). E ontem à tarde, era um raio de sol na praia, para sua total felicidade.

Tinha um post preparado sobre isso, sobre o nosso fim de semana feliz, mas agora já não faz sentido, mas as fotos aqui ficam.

Obrigada




Bjs

 


publicado por era1xeu às 09:58

link do post | comentar | favorito
|
67 comentários:
De cristina a 30 de Julho de 2007 às 10:18
A vida é muito injusta!
Há mulheres que merecem ter filhos ou mais filhos. Têm amor para dar, condições emocionais e económicas, etc.
Acho que és uma delas.
Olha, pode ser que aconteça um milagre, como lhe chamo. Como aconteceu com a Rita da Baguinhos de Arroz...
Muitos beijinhos

Cristina
De Mike a 30 de Julho de 2007 às 10:20
Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!Beijos!

É o que mereces pela mãe que és, pela mulher que és e por ensinares às pessoas o que é lutar por um sonho mesmo que ás vezes esse sonho pareça tão dificil de concretizar. O teu post não é cinzento mas sim uma lição de vida e se todos tivessem a tua força acredita este sítio a que chamamos "Terra" era um sitio bem melhor.

Beijinhos

Mike
De Marta a 30 de Julho de 2007 às 11:17
Minha querida....não são palavras cinzentas...são uma lição para muita gente que te lê! Como sempre te disse, é sempre um prazer ler-te...sentir a tua força, a tua determinação, a tua garra!!! Se acho injusto? Acho concerteza....vejo o amor que tens ao teu filhote, vejo a criança feliz que é! Essa felicidade poderia ser partilhada...mas as coisas não aconteceram assim....e agora há que olhar em frente...como sempre tens feito! É mais uma lição na tua vida...e o que "não nos mata fortalece-nos"! Fazes bem em escrever o que te vai na alma...e agora é olhar em frente....um beijo muito grande e sem duvida que o sorriso do teu JD ilumina qualquer dia cinzento!
De Soraia a 30 de Julho de 2007 às 11:31
Amiga, tens de ter força e coragem!!!!!
Pensa que um dia vais ser recompensada por tudo o que andas a fazer agora, vais ver, e um dia vais voltar a ter um bébé lindo!!!!!

E tudo o que aqui colocas é uma grande lição de vida para muitas pessoas que também tentam engravidar e não conseguem!!!!!

PS - Tens um trevo de 4 folhas à tua espera no meu blog...

Beijocas
De Patty a 30 de Julho de 2007 às 11:33
Minha querida, tentaste e isso é o mais importante, pelo menos agora não tens a duvida se seria diferente ou não se tentasses.
Agora pensamento positivo, cara alegre e um sorriso ainda mais lindo para o teu JD.
Mil beijos para ti cheios de mimo.
De Patricia a 30 de Julho de 2007 às 11:46
Querida uma beijoca do tamanho do mundo!!!!
beijocas

Patricia
De anabela e lara a 30 de Julho de 2007 às 12:09
tens de pensar que tens o JP e que precisa muito de ti....

quiça nao tentes mais uma vez..... nunca desistas!!

eu tenho a Lara e gostava de ter outros filhos, no entanto se nao conseguir tenho-a a ela, e preenche-me....

nao penses naquilo que poderia ter sido mas naquilo que tens!!

nunca te arrependas!!

jocas e muita força
De sonia a 30 de Julho de 2007 às 12:45
a vida por vezes nao é nada justa .... chora , deita pra fora tudo o que estás a sentir...
tenho pena de nao te poder dar um abraço mas recebe-o virtualmente..
força, muita força.... é tudo o que te desejo
beijos de animo
De Nany a 30 de Julho de 2007 às 13:35
São palavras honestas, vindas do coração de quem luta, sonha e fica triste com o desfecho.
Destra vez não foi, mas quem sabe de uma próxima? A vida dá muitas voltas e nem sempre as que queremos, mas tens razão, tens o teu menino lindo e só por ele tudo vale a pena.
Amiga muita força para te recuperares de mais esta bofetada injusta que a vida te deu, mas sabes que sempre podes contar xomigop deste lado.
As fotos estão lindas. Amei ver-te no telejornal, sabes quem reconheci, o teu João Dinis.
Bjks grandes, grandes e muita muita força
De alice+duarte a 30 de Julho de 2007 às 13:46
Amiga, lamento por ti, pois sei que era muito a tua vontade... quem sabe qd menos esperares isso acontece, sinceramente não sei...

A vida não é realmente justa, e todos temos os nossos problemas....

Força, e pensa no que já tens de bom ( o teu filho lindo ) em vez de chorares pelo que nao tens.


Bjs e animo.


Alice+Duarte

Comentar post

.Nome baby

Wizard Animation

.A minha familia

Pyzam Family Sticker Toy
Get your own Family Sticker Maker & MySpace Layouts.

.links

.subscrever feeds

.posts recentes

. O telefone tocou de novo

. Feliz Ano Novo 2010!!!!

. Feliz Natal!!!!

. Boa Páscoa

. Selinho que ganhei....

. Vou mudar de sitio....

. O electroencefalograma do...

. Desafios

. O telefonema da Segurança...

. A consulta do Dinis